jueves, 2 de mayo de 2013

RESOLVIENDO EL DESÁNIMO EN LOS LÍDERES.


Los líderes pueden desanimarse de su tarea si no perciben que su trabajo es valorado y apreciado por los demás. Por eso es importante animar a los líderes felicitándoles por aquello que hacen muy bien, agradeciéndoles por cada cosa que emprenden y orando constantemente por ellos. Una palabra de afirmación hace la diferencia entre un líder rendido y uno constante.
Algunas veces, la fuente del desánimo puede encontrarse en los conflictos internos que el líder carga sin saberlo. A veces lo sabe pero trata de continuar su vida como si no existiesen esos conflicto. Por esa causa, los líderes deben resolver sus problemas de personalidad que pueden convertirse en un serio obstáculo para el trabajo con otras personas. Para hacer eso el líder debe primero ser muy sincero y reconocer sus propias heridas. Caminar por la vida tratando de disimular las cosas que en el pasado causaron un dolor no es la manera de resolver las cosas. Se necesita reconocer que existe un problema que se ha cargado por mucho tiempo. Pero es importante también romper con ese pasado. La persona debe tomar la resolución de que las experiencias negativas de su infancia o juventud no continúen afectan más su presente y mucho menos su futuro.
Hacer eso, no siempre es fácil. A veces se necesitará recibir la ayuda de otra persona. Pero, el líder no debe dudar en buscar esa ayuda ya que si no resuelve sus conflictos puede verse atrapado en un ciclo descendente de desánimo. Algunos líderes abandonan sus funciones aparentemente sin motivo. A veces ni ellos encuentran un motivo porque la razón no se encuentra en el entorno sino en el pasado lejano donde se recibieron heridas y decepciones que afectan a la persona a largo plazo. Pero, si se reconocen esas heridas y se busca la ayuda para sanarlas la persona podrá reunir las condiciones emocionales adecuadas para un servicio perseverante.



TRADUCCIÓN AL INGLÉS.

Solving the leader’s discouragement.
Leaders may get discouraged of their task if they do not perceive that their work is valued and appreciated by others. Therefore it is important to encourage leaders congratulating them for what they do very well, thanking them for everything they undertake and constantly praying for them. A word of affirmation makes the difference between a leader that has given up and one that is persevering.
Sometimes the source of discouragement can be found in the internal conflicts the leader unknowingly loads. Sometimes he knows but tries to continue his life as if there were no such conflicts. For that reason, leaders must solve their personality problems that can become a serious obstacle to work with others. To do that the leader must be first very honest and recognize his wounds. Walking through life trying to hide things that caused pain in the past is not the way to solve things. It is needed to recognize that there is a problem that has been a burden for long. But it is also important to break up with that past. The person must make the determination to not allow the negative experiences of his childhood and youth continue to affect his present and much less his future.
Doing so is not always easy. Sometimes the help from another person will be needed. But, the leader should not hesitate to seek such help because if he doesn’t resolve his conflicts he can be caught in a downward cycle of discouragement. Some leaders abandon their duties for no apparent reason. Sometimes even they can´t find a reason because the reason is not in the environment but in the distant past where the wounds and disappointments that affect the person in the long term were received. But, if these wounds are recognized and the help to heal them is sought the person will be able to have the adequate emotional conditions for a persevering service.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS.

Ajudando líderes a vencer o desânimo.
Líderes podem se desanimar se não perceberem que seu trabalho é valorizado e apreciado pelos demais. Portanto, é importante encorajar líderes, congratulando-os pelo que fazem, agradecendo-lhes por cada coisa que empreendem e orando constantemente por eles. Uma palavra de afirmação com frequência faz a diferença entre um líder pronto a desistir e um que segue em frente.
Às vezes, a fonte de desânimo pode estar em conflitos internos que o líder tem em seu subconsciente. Talvez ele ou ela esteja fazendo de conta de que “está tudo bem”, quando na verdade os problemas estão sob a superfície. Um supervisor com discernimento irá detectar esses sinais de desânimo.
Quando há conflitos internos entre um líder e um ou mais membros, é essencial que o líder vá diretamente à pessoa para resolver a dificuldade. Honestidade e transparência são fundamentais! Viver a vida tentando esconder coisas somente irá piorar a situação.
Alguns líderes olham constantemente pelo espelho retrovisor. Talvez tenha acontecido algo durante a infância do líder. O supervisor deve ajudar o líder a lidar com o problema e então encorajá-lo a seguir em frente. Sei que seguir em frente não é sempre fácil, e não acontece “da noite para o dia”. O supervisor deve encorajar o líder a continuar, apesar das memórias do passado. O supervisor sabe que se o líder não resolver seus conflitos, irá se instalar um ciclo negativo de desencorajamento. Sem ajuda, o líder poderá abandonar sua função sem aparente motivo. Algumas vezes os líderes sequer conseguem encontrar uma razão para sua desistência, porque seu desânimo está no subconsciente, profundamente enterrado no passado.
Os supervisores desempenham um papel muito importante em ajudar líderes a seguir adiante. Como supervisor, seu papel é fundamental. O que você está fazendo para ajudar seu líder a prosseguir?