jueves, 29 de septiembre de 2016

CONCIENCIA, CONDICIONES Y VOLUNTAD PARA LA TRANSICIÓN.

Un pensador salvadoreño dijo en una ocasión que para realizar cualquier logro se necesitan tres cosas: conciencia, condiciones y voluntad. Este pensamiento es muy verdadero con respecto a la transición hacia el modelo celular. En primer lugar, debe existir la conciencia. Ésta se origina al considerar lo que el Nuevo Testamento enseña sobre la manera cómo funcionaba la iglesia de los apóstoles, al considerar las bases teológicas del trabajo celular, al relacionarse con las experiencias alcanzadas por otras iglesias celulares. Esta es la parte más importante de la transición y a la cual hay que darle su tiempo de maduración. Requiere la lectura del Nuevo Testamento desde esta perspectiva, mucha conversación, resolver las preguntas e inquietudes, informase apropiadamente.
Seguidamente, hay que verificar las condiciones. Hay iglesias donde las condiciones están dadas, en otras, será necesario desarrollarlas. Las condiciones que se requieren es que los líderes claves de la iglesia estén muy informados, sean parte de la decisión y estén apasionados por el modelo celular. Esto líderes podrán llevar adelante el trabajo inicial y podrán mostrar el camino a la congregación. Otra condición importante es que la misma iglesia tenga amplia información del por qué. Que posea la sustentación bíblica y se relacione con los valores del modelo.
Finalmente, se encuentra la voluntad. Las cosas no se darán por sí solas por muchas condiciones que existan. Se necesita la voluntad para emprender la aplicación de lo aprendido. Establecer un cronograma de transición y comenzar a dar los primeros pasos. Al principio pueden ser pasos modestos. Hay que ir de lo simple a lo complejo. Pero la clave es mostrar la voluntad de seguir adelante. Hay que saber que se encontrará resistencia, pero si existe la voluntad suficiente se generará la pasión para completar la transición en su momento oportuno, pero sin dilación.



TRADUCCIÓN AL INGLÉS

Conscience, conditions, and will for the transition.
A Salvadoran thinker once said that in order to achieve something three things are needed: conscience, conditions and will. This thought is very true regarding the transition to the cell model. First of all, there’s got be conscience. This awareness arises when one considers what the New Testament teaches about the way how the church of the apostles worked, when considering the theological basis of cell work, when relating to the experiences gained by other cell churches. This is the most important part of the transition and to which we must give time to mature. It requires reading the New Testament from this perspective, much conversation, resolving questions and concerns, getting informed properly.
Then one must verify the conditions. There are churches where conditions are already given; in others it will be necessary to develop them. The conditions required are that key church leaders are well informed, are part of the decision, and are passionate about the cell model. These leaders will carry out the initial work and will show the way to the congregation. Another important condition is that the church itself has extensive information about the reason why, has the biblical support, and relates to the values ​​of the model.
Finally, there is the will. Things will not just happen despite the many conditions that may exist. One needs the will to undertake the application of what has been learned, to establish a schedule of transition, and to start taking the first steps. At first, these may be modest steps. One should go from simple to complex. But the key is to show the will to go on. One must know that there will be resistance, but if there is sufficient will, the passion to complete the transition will be generated in a timely manner but without delay.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Consciência, Condições e vontade para o transição.
Um pensador salvadorenho disse uma vez que, a fim de alcançar algo são necessárias três coisas: consciência, condições e vontade. Este pensamento é muito verdadeiro sobre a transição para o modelo de célula. Primeiro de tudo, não tem ser a consciência. Esta tomada de consciência surge quando se considera o que o Novo Testamento ensina sobre a maneira de fazer igreja, a base teológica para o ministério de células, e quando se relaciona com as experiências adquiridas por outras igrejas em células. Esta é a parte mais importante do processo de transição, devemos dar-nos tempo suficiente para realmente compreender os valores das células. Ela exige a leitura do Novo Testamento a partir da perspectiva da casa para o ministério da casa, falando à liderança, resolução de questões e preocupações, e receber informações suficientes para proceder de forma inteligente.
Em seguida, deve-se verificar as condições. Há igrejas onde as condições já são perfeitos. No entanto, noutras situações, as condições têm de ser desenvolvidas. Estou me referindo aqui para saber se os líderes da igreja estão bem informados, fazem parte do processo de tomada de decisão, e é apaixonado sobre o modelo de celular. Esses líderes vão realizar o trabalho inicial e exemplificam o que eles querem que os outros a seguir. Anotehr condição importante é que a própria igreja tem uma vasta informação sobre a razão por que eles estão fazendo o ministério de células, compreender a base bíblica, e adotaram os valores das células.
Finalmente, há a vontade. As coisas não vai acontecer, apesar de ter as condições adequadas. Um precisa a vontade para realizar a aplicação do que foi aprendido, para estabelecer um cronograma de transição, e de começar a dar os primeiros passos. Em primeiro lugar, estes podem ser passos modestos. Um deve ir do simples ao complexo. Mas a chave é mostrar a vontade de ir em frente. É preciso saber que haverá resistência, mas se houver vontade suficiente, a paixão para completar a transição será gerada em tempo hábil, mas sem demora. 

jueves, 22 de septiembre de 2016

CUIDANDO DE LAS CÉLULAS JUVENILES.

Hace poco tiempo Ernesto, un líder de una célula juvenil, me comentó que habían tenido una discusión teológica con los miembros de su célula. Al final, no llegaron a una conclusión. Pero Ernesto se quedó con la duda de si la posición que había defendido era o no la correcta. Al escucharlo le pregunté: ¿Por qué están discutiendo esos temas en la célula? Él me respondió que esa era la enseñanza que había impartido. Le hice ver que ese no era un tema que estuviera en la Guía de lecciones para la célula. Entonces Ernesto me explicó que él no utilizaba el material establecido sino que tocaba temas de teología con los jóvenes.
Esa experiencia muestra una de las característica de los jóvenes: les gusta escudriñar, preguntar, desafiar, discutir. Por esas razones, el trabajo de los supervisores debe ser muy cercano y tratar de canalizar esas inquietudes de manera positiva. No solo hay que velar por mantener el contenido evangelizador de las células sino también para que la parte participativa no se extienda excesivamente. Los jóvenes son amigos de los argumentos y la defensa de sus razones. Por ese motivo, podrían pasar horas tratando de explicar y defender sus opiniones. El supervisor debe ser cuidadoso en instruir a los líderes para que pasen de un punto a otro sin que los jóvenes sientan que no se les puso atención o que no se les permitió exponer sus razones. Ellos deben mantenerse enfocados hacia la enseñanza fundamental, la cual, siempre es la necesidad que tenemos de Jesús.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

Taking care of youth cells.
Not long ago, Ernesto, a leader of a youth cell, told me that he had had a theological discussion with the members of his cell. In the end, they failed to reach a conclusion. But Ernesto was left with the doubt of whether the position he had defended was or not correct. Listening to him I asked, “Why are you discussing those issues in the cell?” He replied that this was the teaching he had given. I pointed out that this was not a subject that was in the cell lessons guide. Then Ernesto explained to me that he did not use the established material, but instead he spoke about theological issues with the youth.
That experience shows one of the characteristics of the youth: They like to scrutinize, ask, challenge, discuss. For those reasons, the coaches’ work should be very close and they should try to channel those concerns in a positive way. You don’t have to just ensure to maintain the cells evangelizing content but also have to avoid the participatory time to extend excessively. Young people are friends with the arguments and the defense of their reasoning. Because of this, they could spend hours trying to explain and defend their opinions. The coach should be careful to instruct leaders to move from one point to another without letting the young people feel that they were not paid attention or that they were not allowed to expose their reasoning. They must remain focused in the fundamental teaching, which is always our need of Jesus.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Cuidando de células de jovens.

Não muito tempo atrás, Ernesto, um líder de uma célula de jovens, me disse que ele discutiu uma questão teológica com os membros de sua célula e que eles não conseguiram chegar a uma conclusão. Mas Ernesto ficou com a dúvida de saber se sua posição era correta ou não. Após ouvi-lo, eu perguntei: “Por que você está discutindo essas questões na célula?”. Ele respondeu que achava que esse era o assunto que ele deveria ensinar. Eu lhe apontei que este não era o tema que estava no guia da “lição” da célula. Então, Ernesto explicou que ele não usou o material estabelecido; em vez disso, ele falou sobre questões teológicas com os jovens.

Essa experiência me fez lembrar de uma das características importantes dos jovens: eles gostam de examinar, fazer perguntas, discutir e desafiar o status quo. Os treinadores devem trabalhar duro para ficar perto de cada líder de célula de jovens e de cada célula de jovens. Os técnicos precisam canalizar as preocupações dos jovens de uma forma positiva. Grandes treinadores de jovens não estão preocupados somente com se a célula está evangelizando adequadamente, mas também se os jovens estão gastando tempo excessivo discutindo pontos teológicos. Os jovens ficam confortáveis com argumentos e querem defender aquilo em que acreditam. Por conta disso, eles poderiam passar horas tentando explicar e defender suas opiniões. O treinador deve ter cuidado para instruir os líderes a irem de um ponto a outro e a não permitirem que os membros se sintam negligenciados. As células de jovens funcionam melhor quando mantém o foco sobre o principal, que é sempre a nossa necessidade de Jesus.

jueves, 15 de septiembre de 2016

EL PASTOR DURANTE LA TRANSICIÓN

Mi involucramiento en el trabajo celular comenzó con la formación de los primeros diez líderes. Dediqué varias semanas a compartirles la visión, capacitarlos y formarlos. Después dediqué otras semanas para compartir la visión a la congregación. Presenté a los primeros diez líderes ya capacitados y así se echó a andar el sistema celular.
A partir de allí, yo supervisaba directamente a los líderes y me reunía con ellos cada semana para poder ir dando dirección al trabajo. Mi función era la de supervisor. Luego, me tocó formar a un segundo grupo de líderes y, luego, otro más. Posteriormente, se hizo necesario nombrar a los primeros supervisores. Cada semana me reunía con ellos. En la medida que los supervisores se fueron multiplicando fue necesario nombrar a los primeros pastores de zona. Ellos eran hermanos que trabajaban a tiempo completo con la iglesia y, eso, nos permitía reunirnos durante el día en la iglesia.
Paralelo a eso, elaboraba las lecciones de las células, establecía las metas, evaluaba y dirigía el trabajo en general. Es decir, en todo el proceso de transición siempre estuve al frente del trabajo. Eso fue clave para que la transición se realizara sin problemas. Que el pastor y sus ayudantes se encuentren al frente de la colocación de los fundamentos del trabajo celular, es clave para el éxito en la transición.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

The pastor during the transition.
My involvement in the cell work began with the training of first ten leaders. I dedicated several weeks to sharing the vision, the formation and the training of these leaders. Later on I spent another weeks sharing the vision to the congregation. I presented the first ten leaders already trained and that´s how the cell system started off.
From there on, I supervised the leaders directly and met with them every week in order to direct the work. My role was that of supervisor or coach. Then I had to train a second group of leaders, then another one more. Later, it became necessary to appoint the first supervisors. I met with them every week. As the supervisors started multiplying it was necessary to appoint the first zone pastors. These were brothers who worked full time in the church and that allowed us to meet during the day in the church.
Parallel to that, I did the cell lessons, establishing goals, evaluating and directing the work in general. That is, in the whole transition process I was always at the forefront of work. That was a key element for the transition to develop without problems. The pastor and his assistants are to be in charge of the establishment of the fundamentals of cell work, this is a key element to success in the transition.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

O papel do pastor durante a transição.
Meu envolvimento no trabalho com células começou com o treinamento dos primeiros dez líderes. Eu dediquei muitas semanas compartilhando a visão e então a formação e treinamento dos líderes. Um tempo depois, eu gastei algumas outras semanas compartilhando a visão com a congregação. Eu apresentei os dez primeiros líderes que já estavam treinados, e assim que o sistema celular iniciou.
A partir desse ponto, eu supervisonava diretamente os líderes e encontrava com eles toda semana a fim de dirigir o trabalho. Minha função era supervisionar e liderar. Então eu tive que treinar um segundo grupo de líderes e, em seguida, outro grupo. Eu me encontrava com eles toda semana. Como os supervisores começaram a multiplicar, era necessário nomear os primeiros pastores de região.
Estes eram irmãos que trabalhavam em tempo integral na igreja, o que nos permitiu atender durante o dia na igreja. Paralelamente a isso, eu escrevia os estudos de celulas, estabelecia as metas, avaliava o progresso, e dirigia o trabalho de células em geral.

Como você pode ver, eu estava sempre a frente do ministério de célula durante o processo de transição. Esse foi o elemento chave para a transição acontecer sem problemas. Resumindo, para o ministério de celular funcionar efetivamente e para uma transição ser bem sucedida, o pastor e seus assistentes devem ser responsáveis pela condução do processo.

jueves, 25 de agosto de 2016

LA RÁPIDA TRANSICIÓN DE ELIM.

Es sabido que la iglesia Elim de El Salvador hizo su transición al trabajo celular de manera muy rápida y comenzando con varias células de manera simultánea. La manera en que se hicieron las cosas no la recomendaría a otras iglesias como modelo. No porque las cosas hayan salido mal sino porque las condiciones en que se produjeron fueron muy particulares. Entre esas condiciones puedo mencionar:
·      La iglesia estaba viviendo un “momentum” único. Desde su fundación Elim había crecido rápidamente. De un núcleo inicial de 9 personas había pasado a 3,000 en nueve años. La iglesia se encontraba en plena efervescencia y había mucha pasión por seguir avanzando. Los miembros eran muy activos en el evangelismo de todo tipo. El modelo celular llegó a cazar perfectamente con el ambiente que se vivía.
·      El pastor fundador de Elim era un predicador fogoso y apasionado. Muy expresivo en su capacidad vocal y con gran habilidad para conectar con las personas. Esas cualidades le daban un liderazgo muy fuerte y con muchos seguidores entusiastas. Bastaba que la iglesia escuchara que se adoptaría el trabajo celular para que fuera acogido sin resistencia por la casi totalidad.
·      A lo anterior, se suma el hecho que El Salvador es un país muy fértil al evangelio. Las personas son muy sensibles espiritualmente y las diversas dificultades mueven a las personas a buscar una esperanza en Dios. De hecho, la época fue de un notable crecimiento de las iglesias en general. Pero, las condiciones fueron mejor aprovechadas al disponerse de un trabajo sistemático para levantar la cosecha. Ese trabajo sistemático fue el sistema celular.
Las condiciones históricas y culturales suelen ser irrepetibles, por ello, es que el modelo de transición de Elim no pudiera ser aplicado en muchos casos. No obstante, si se reprodujeran los aspectos mencionados, probablemente la experiencia pudiera repetirse.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

Elim’s rapid transition.
It is known that El Salvador’s Elim church made its transition to the cell work in a very quick way and starting with several cells simultaneously. The way things were done I would not recommend to other churches as a model. Not because things went wrong but because the conditions in which these occurred were very particular. Among these conditions I can mention the following:
·      The church was experiencing a unique “momentum”. Since its foundation Elim had grown rapidly. From an initial core of 9 people it had gone to 3,000 in nine years. The church was in a full effervescence and there was a lot of passion for moving forward. The members were very active in evangelism of all kinds. The cell model came to fit perfectly with the milieu lived at that time.
·      The founder Pastor of Elim was a fiery and passionate preacher; very expressive in his vocal ability and with a great ability to connect with people. Those qualities gave him a very strong leadership and with many enthusiastic followers. It was enough for the church to hear that the cell work would be adopted to be accepted without resistance by almost entirely all the people.
·      To this the fact is added that El Salvador is a very fertile country to the gospel. People are very spiritually sensitive and the various difficulties move people to seek hope in God. In fact, the time was of a remarkable church growth in general. But the conditions were better used by having available a systematic work to reap the harvest. That systematic work was the cell system.
Historical and cultural conditions are often unrepeatable, and that is why, Elim’s transition model could not be applied in many cases. However, if the aspects mentioned above were to be reproduced probably the experience could be repeated.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

A rápida transição da Igreja Elim.
Muitas pessoas sabem que a igreja de Elim em El Salvador fez uma transição muito rápida para o ministério celular, iniciando com muitas células simultaneamente.
De qualquer forma, eu não recomendaria a maneira que nós mudamos como um modelo ou exemplo para outros seguirem. Por quê? Porque as condições em que a nossa transição ocorreu foram muito particulares.
Por exemplo:
                Elim estava passando por um momento único na época da nossa transição. Na verdade, desde o começo, a igreja de Elim tem crescido muito rapidamente. A partir de um núcleo inicial de nove pessoas, a igreja cresceu para 3.000 em apenas nove anos. A igreja estava tão cheia de entusiasmo e paixão em seguir em frente. Os membros estavam evangelizando ativamente e o modelo celular se encaixou perfeitamente ao momento que estávamos vivendo.
                O pastor fundador de Elim era um pregador caloroso e apaixonado. Ele era muito expressivo em sua oralidade e conseguia se conectar muito bem com as pessoas. Essas qualidades deram à ele uma liderança muito forte, a qual atraiu muitos seguidores entusiastas. As pessoas estavam dispostas a seguir o fundador de todo o coração e quando ele disse que a igreja estava mudando para o ministério celular, eles aceitaram a nova filosofia com pouquíssima resistência.
                El Salvador estava completamente aberta ao evangelho e as pessoas estavam famintas espiritualmente. Isso era um notável tempo de colheita, com multidões recebendo Jesus e querendo discipulado. As pessoas tinham grande esperança que Deus estava para fazer algo novo. O sistema de crlular ajudou a organizar essa reavivamento espiritual de uma forma sistemática para melhor fazer discípulos que fazem discípulos.

Condições históricas e culturais muitas vezes não são repetíveis e é por isso que a transição de Elim não pode ser aplicada em muitas situações. No entanto, se as condições mencionadas acima se aplicam a sua situação hoje, talvez você teria uma experiência de transição semelhante a nossa.

jueves, 18 de agosto de 2016

LOS BENEFICIOS DE LA TRANSICIÓN

Una de las principales motivaciones de los pastores al hacer la transición al modelo celular es alcanzar el crecimiento de la iglesia. Desde ese punto de vista, la transición sería una apuesta a un mayor crecimiento en número. La medida del éxito del esfuerzo de transición será el crecimiento que la iglesia pueda tener. Ese es un enfoque errado ya que el crecimiento numérico no debe ser el criterio para medir el éxito. Si bien es cierto que las iglesias que hacen su transición al modelo celular experimentan un mayor ritmo de crecimiento, el verdadero éxito consiste en el hecho de que esa iglesia ha vuelto al modelo de organización del Nuevo Testamento.
Además, la iglesia desarrolla todo su potencial al movilizar a los santos para que hagan la obra del ministerio. En las células se desarrollan los componentes de la comunión, la edificación y el evangelismo. Cualidades muy apreciadas para la madurez del creyente y para la edificación de la iglesia. Las personas encuentran el espacio para desarrollar sus dones y el hacer discípulos se convierte en una actividad de cada día. De manera, que aun cuando la iglesia no llegue a ser una mega-iglesia, siempre habrá valido la pena el haber hecho la transición. Por esas razones, es algo que no debería dejar de hacerse.



TRADUCCIÓN AL INGLÉS

The benefits of the transition.
One of the main motivations for pastors to make the transition to the cell model is to achieve church growth. From that point of view, the transition would be a way to further growth in numbers. The measure of success of the transition effort will be the growth that the church may have. That is a wrong approach because the numerical growth should not be the criterion for measuring success. While it is true that the churches that make their transition to the cell model experience a higher rate of growth, the real success regards in the fact that the church has returned to the organization model of the New Testament.
In addition, the church develops all of its potential by mobilizing the saints to do the work of ministry. The components of fellowship, edification and evangelism are developed in the cells. Qualities very much appreciated for the maturity of the believer and for the edification of the church. People find the space to develop their gifts and making disciples becomes a daily activity. So even if the church does not become a mega-church, making the transition will always be worthwhile. For those reasons, this is something that must not be avoided.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Os benefícios da transição.
Umas das principais motivações para pastores fazerem a transição para o modelo celular é para alcançar o crescimento da igreja. Desse ponto de vista, a transição seria uma maneira de promover o crescimento em números e seria julgada por se a igreja obteve o crescimento esperado.
Essa é uma abordagem errada, porque o crescimento numérico não deve ser o critério para medir o sucesso. Embora seja verdade que igrejas que fazem a transição para o modelo celular experimentam uma taxa maior de crescimento, o verdadeiro sucesso é o fato de que a igreja retornou para o modelo de ministério do Novo Testamento.
Junto com o retorno à filosofia do ministério do Novo Testamento, a igreja também alcança seu pleno potencial ao  mobilizar os santos para fazerem o trabalho do ministério. Os elementos da comunhão, edificação e evangelismo são desenvolvidos nas células. Essas qualidades irão amadurecer e levantar crentes e conduzir à edificação da igreja. As pessoas são capazes de desenvolver seus dons, e fazer discípulos se torna uma atividade diária. Assim, mesmo que a igreja não se torne uma mega igreja, fazer a transição definitivamente valerá a pena. Por essas razões, a igreja deve definitivamente fazer a transição. 

viernes, 12 de agosto de 2016

INVOLUCRANDO A LA SIGUIENTE GENERACIÓN

La iglesia del pastor Cho es conocida desde hace varias décadas como la iglesia más numerosa del mundo y de la historia del cristianismo. Su enorme membresía es el resultado de aplicar el modelo celular. De hecho, el pastor Cho es considerado el padre del movimiento celular moderno. La iglesia de Yoido es un logro épico en un país budista. Las personas que han trabajado como líderes de células se sienten muy orgullosos de su rol no solamente en la iglesia local sino también como modelo para el mundo entero.
Pero esa pasión y entrega, a la larga, ha producido un problema. De acuerdo a los mismos coreanos, el promedio de edad de los líderes de célula de Yoido es arriba de los cincuenta años de edad. Las nuevas generaciones nacieron y se formaron viendo a sus padres asumir el rol de líderes. El problema ahora es que si no se produce un cambio generacional el modelo celular corre el peligro de envejecer junto a sus líderes.
Pero hay señales de esperanza. El doctor Young Hoon Lee, el nuevo pastor titular de Yoido, está dando especial énfasis a la juventud y su involucramiento en el modelo celular. Por su parte, el ahora pastor emérito David Cho, solamente predica un sermón el día domingo y lo hace, precisamente, en el culto del mediodía, el de jóvenes. Nunca es tarde para corregir y la iglesia de Yoido ha comenzado a hacerlo. Justo a tiempo.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

Involving the next generation.
Pastor Cho’s church has been known for decades as the largest church in the world and of the history of Christianity. Its huge membership is the result of applying the cell model. In fact, Pastor Cho is considered the father of modern cell movement. Yoido’s church is an epic achievement in a Buddhist country. People who have worked as cell leaders feel very proud of their role not only in the local church but also as a model for the entire world.
But that passion and commitment, ultimately, has produced a problem. According to Koreans themselves, the average age of Yoido’s cell leaders is above fifty. The new generations were born and trained watching their parents assume the role of leaders. The problem now is that if a generational change does not occur the cell model will be in danger of growing old with its leaders.
But there are signs of hope. Dr. Young Hoon Lee, the new entitled pastor of Yoido, is giving special emphasis to the youth and their involvement in the cell model. Meanwhile, the now emeritus Pastor David Cho, only preaches one Sunday sermon and he does it precisely in the midday service, the youth service. It is never too late to correct and Yoido church has started to do so. Just in time.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Envolvendo a próxima geração.
A igreja do pastor Cho por décadas tem sido conhecida como a maior igreja do mundo e da história do cristianismo. Sua enorme quantidade de membros é resultado da aplicação do modelo celular. Na verdade, o pastor Cho é considerado o pai do movimento celular moderno. A igreja de Yoido é uma conquista épica em um país budista. Pessoas que têm  trabalhado como líderes de célula sentem-se muito orgulhosos de seus cargos, não só na igreja local, mas também como um modelo para o mundo inteiro.
Mas essa paixão e comprometimento deve ser fundamentalmente passada para a próxima geração, e isso é um desafio enorme. De acordo com os próprios coreanos, a idade média dos líderes de célula da igreja Yoido está acima de cinquenta. As novas gerações nasceram e foram treinadas assistindo seus pais assumirem o papel de líderes. O problema agora é que, se uma mudança geracional não ocorrer, o modelo celular estará em perigo de envelhecer com seus líderes.
Mas há sinais de esperança. O Dr. Young Hoon Lee, o novo pastor principal de Yoido, está dando uma ênfase especial para a juventude e seu envolvimento no modelo celular. Enquanto isso, o atual emérito Pastor David Cho, só prega um sermão de domingo, e ele o faz precisamente no culto do meio-dia, o culto de jovens. Nunca é tarde demais para fazer correções, e a igreja Yoido começou a fazer. Na hora certa. 

jueves, 4 de agosto de 2016

LAS CÉLULAS JUVENILES EN ELIM

Las células juveniles es el esfuerzo más reciente de iglesia Elim. Tenemos poco tiempo de haber comenzado con ellas y, desde el principio, se concibieron como células exclusivamente juveniles. Desde que iniciamos el trabajo celular, hace 30 años, los jóvenes se reunieron con los adultos en las células. Pero, al comenzar el trabajo con las células juveniles, la característica principal fue que sería una reunión para jóvenes y dirigida por jóvenes. Esto significa que los líderes también son jóvenes.
Además de eso, se creó una Guía de lecciones exclusiva para ellos. De manera, que el esfuerzo resulta ser totalmente dirigido a la juventud. Como resultado, los jóvenes asisten con mucho entusiasmo a sus células. Se ha provocado un refrescamiento en el trabajo juvenil y se ha motivado a jóvenes que antes eran apáticos al trabajo celular y aún a la iglesia.
No obstante, todavía queda mucho por hacer. Dado que es un trabajo nuevo, se necesita todavía alcanzar a muchos más jóvenes, abrir más células juveniles. La mayor cantidad de células que tiene Elim son células de adultos, en segundo lugar van las células infantiles y, en tercer lugar, las células juveniles. En la medida que las células juveniles se multipliquen se podrá dar una mejor atención a ese importante sector de la iglesia.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

Youth cells in Elim.
Youth cells is Elim’s church latest endeavor. We have started with them since a little while and from the beginning they were conceived as exclusively youth cells. Since we started the cell work, 30 years ago, the youth gathered with adults in cells. But as we started the work with youth cells, the main characteristic was that it would be a meeting for and led by young people. This means that the leaders are also young people.
In addition to that, a Guide of lessons exclusively for them was created. Thus, the effort turns out to be entirely aimed to the youth. As a result, young people attend enthusiastically to their cells. It has led to a refreshing experience in the youth work and it has motivated young people who were previously apathetic to cell work and even to church.
However, much remains to be done. Since it is a new work, many  more new people still needs to be reached, and we also need to open more youth cells. Most of the cells that Elim has are adult cells, secondly children cells and, thirdly, youth cells. As youth cells multiply we will be able to give better attention to this important sector of the church.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Células de jovens na Igreja Elim.
Células de jovens são uma visão bastante recente na igreja de Elim. Quando nós começamos as células, cerca de 30 anos atrás, os jovens se reuniam com os adultos nas células. Mas finalmente, nós decidimos que deveríamos iniciar células especificamente para os jovens e lideradas por jovens. Assim nessas células, os líderes são jovens.
Nós também criamos um guia de lições feitas exclusivamente para nossas células de jovens. Os resultado tem sido animadores. Os jovens vão para as suas células entusiasmados. Nossa nova ênfase tem sido uma experiência renovadora e tem motivado os jovens que antes eram apáticos quanto ao ministério celular e até mesmo na nossa igreja em geral.
Contudo, ainda há muito a ser feito. Uma vez que isso é uma nova ênfase, muito mais pessoas precisam ser alcançadas, e nós precisamos abrir mais células de jovens. No que diz respeito a números de células em Elim, as células de adultos são as mais numerosas, seguida pelas células de crianças, e então as células de jovens. Conforme as células de jovens forem multiplicando, nós seremos capazes de dar melhor atenção para este importante segmento da igreja.