miércoles, 16 de enero de 2019

EL ENFOQUE DEL PASTOR DE CÉLULAS

El pastor de células, también llamado pastor de zona o de distrito, ha sido llamado a tiempo parcial o completo para atender una cantidad considerable de líderes con sus respectivos supervisores. Debe tener mucha claridad sobre lo que se espera de él. Lo más importante es comprender que ha sido invitado por el pastor principal de la iglesia para convertirse en una ayuda en el trabajo de asesorar, animar, desafiar, capacitar y discipular a los líderes. Esto es principalmente cierto en iglesias que llegan a ser muy numerosas. Por tanto, el pastor de células debe enfocarse en hacer con toda dedicación aquello para lo que se le llamó.

Si bien es cierto que el pastor de células puede ser invitado a enseñar la palabra en la celebración, es importante que recuerde que su tarea principal sigue siendo el enfocarse en la multiplicación celular. La formación doctrinal de la congregación es tarea del pastor principal y precisamente porque ella toma buena parte de su esfuerzo es que busca ayuda en pastores de zonas o distritos para que le apoyen en la atención de los líderes y supervisores. La concentración del pastor celular debe estar precisamente en ser ese apoyo. Debe retomar la visión del pastor principal y hacerla suya, fortaleciéndola y comunicándola en su trabajo celular. No debe pretender asumir roles que le pertenecen al pastor principal. Mucho menos ser desleal. Puede ser que en el futuro el Señor de la viña llame al pastor celular a desarrollar un ministerio primario. Pero, mientras ese momento llega, su deber es concentrarse en la labor de hacer discípulos que reproduzcan otros discípulos.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

The Cell Pastor’s Focus 
The cell pastor, also called the zone or district pastor, has been called part-time or full-time to serve a considerable number of leaders with their respective coaches. He must be very clear about what is expected of him. The most important thing is to understand that he has been invited by the senior pastor of the church to become an aid in the work of advising, encouraging, challenging, training and discipling the leaders. This is mainly true in churches that become very numerous. Therefore, the cell pastor should focus on doing with all dedication what he was called for.

While it is true that the cell pastor may be invited to teach the word in the celebration service, it is important for him to remember that his main task remains on focusing on cell multiplication. The doctrinal formation of the congregation is the Senior Pastor’s task and precisely because this takes a good part of his effort is that he seeks help in zone or district pastors to support him taking care of leaders and supervisors. The cell pastor should focus precisely on being that support. He must take up the senior pastor’s vision and make it his own, strengthening it and communicating it in his cell work. He should not pretend to assume roles that belong to the senior pastor. Much less be disloyal. It may be that in the future the Lord of the vineyard will call the cell pastor to develop a primary ministry. But, while that moment comes, his duty is to concentrate on the work of making disciples that make other disciples. 


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

O foco do pastor de células
O pastor de células, também chamado de pastor de região ou distrito, pode trabalhar em período integral ou parcial e é chamado para servir líderes e seus treinadores. Ele deve ser muito claro sobre suas expectativas. O mais importante é entender que ele foi convidado pelo pastor da igreja para se tornar um auxiliar no trabalho de aconselhar, encorajar, desafiar, treinar e discipular os líderes. Isto é verdade principalmente em igrejas que se tornam muito numerosas. Portanto, o pastor de células deve se concentrar em fazer com toda dedicação o que ele foi chamado para fazer.
Embora seja verdade que o pastor da célula possa ser convidado para ensinar a palavra no culto de celebração, é importante que ele se lembre de que sua principal tarefa continua sendo a concentração na multiplicação celular. A formação doutrinária da congregação é tarefa do pastor sênior e, justamente porque isso leva uma boa parte de seu esforço é que ele procura ajuda em pastores de região ou distrito para apoiá-lo a cuidar de líderes e supervisores. O pastor de células deve se concentrar justamente em ser esse suporte. Ele deve assumir a visão do pastor sênior e torná-lo seu, fortalecendo-o e comunicando-o em seu trabalho com células. Ele não deve fingir assumir papéis que pertencem ao pastor sênior. Muito menos ser desleal. Pode ser que no futuro o Senhor da vinha chame o pastor de células para desenvolver sua própria igreja. No entanto, até esse momento, seu dever é concentrar-se no trabalho de fazer discípulos que fazem outros discípulos dentro de sua atual igreja local.

jueves, 3 de enero de 2019

EL AMOR DEL SUPERVISOR

En su sermón sobre el buen pastor el Señor Jesús habló de la diferencia que existe entre un buen pastor y un asalariado. El buen pastor ama a sus ovejas, al punto que está dispuesto a dar su vida por ellas. En cambio, el asalariado no las ama, solo tiene interés en recibir su paga. Con esa ilustración Jesús enseñó sobre la diferencia fundamental que hace que un pastor sea bueno: eso es el amor.

El supervisor es una persona cuya función principal es el cuidado, capacitación y aliento de los líderes. Esas tareas solamente se pueden realizar correctamente cuando se ama a las personas. Sobre todas las cosas, el supervisor debe amar a sus líderes. Un amor bíblico, como la Biblia lo presenta, suple las necesidades de las personas. Les hace sentir valoradas, seguras, cuidadas y con ánimo para aceptar nuevos retos. El buen supervisor ama a sus ovejas, las conoce, las llama por nombre, las alimenta y las protege de peligros. El amor es la característica irrenunciable de todo supervisor.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS 

The coach’s love   
In his sermon on the good shepherd the Lord Jesus spoke of the difference that exists between a good shepherd and a salaried employee. The good shepherd loves his sheep, to the point that he is willing to give his life for them. On the other hand, the salaried does not love them; he is only interested in receiving his pay. With that illustration Jesus taught about the fundamental difference that makes a pastor a good one: that's love.

The coach is a person whose main function is the care, training and encouragement of the leaders. Those tasks can only be done correctly when people are loved. Above all, the coach must love his leaders. A Biblical love, as the Bible presents it, supplies the needs of people. It makes them feel valued, safe, taken care of and with courage to accept new challenges. The good coach loves his sheep, knows them, calls them by name, feeds them and protects them from danger. Love is the un-renounceable characteristic of every coach.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

O amor do treinador
Em seu sermão sobre o bom pastor, o Senhor Jesus falou da diferença que existe entre um bom pastor e um estranho (empregador assalariado) em João 10. O bom pastor ama suas ovelhas, a ponto de estar disposto a dar sua vida por elas. Por outro lado, o estranho não as ama; ele só está interessado em receber seu pagamento. Com essa ilustração, Jesus ensinou sobre a diferença fundamental que faz com que um pastor seja bom: o amor.
O treinador é uma pessoa cuja principal função é o cuidado, treinamento e encorajamento dos líderes. Essas tarefas só podem ser feitas corretamente quando as pessoas são amadas. Acima de tudo, o treinador deve amar seus líderes. Um amor bíblico, como a Bíblia o apresenta, supre as necessidades das pessoas. Faz com que elas se sintam valorizadas, seguras, atendidas e lhes dê coragem para aceitar novos desafios. O bom treinador ama suas ovelhas, conhece-as, chama-as pelo nome, alimenta-as e protege-as do perigo. O amor é a característica essencial de todo treinador.

jueves, 20 de diciembre de 2018

EL EQUIPO DE TRABAJO DEL SUPERVISOR

El supervisor es la persona responsable de cuidar un promedio de cinco células. Consecuentemente, tiene un grupo de líderes con quienes debe formar un equipo de trabajo. Al igual que un entrenador de cualquier disciplina deportiva colectiva, una de sus tareas es la de crear sinergia entre sus líderes. Existe una responsabilidad por cuidar, animar, orientar y capacitar a cada líder en particular. Pero, también existe una dimensión de equipo que debe ser construida. Las células son la primera línea de avance de la iglesia en un mundo perdido y un supervisor debe tener un plan de conquista para el sector de la ciudad que le corresponde.

Un elemento del trabajo en equipo es el de alcanzar con sus líderes una visión de conjunto. Es natural que el líder tenga su enfoque al interior de la célula, pero es tarea del supervisor hacerle ver los aspectos estratégicos del barrio. Los esfuerzos pueden enfocarse en colocar una célula en casa de una familia muy influyente del vecindario o en ganar a una persona clave de la comunidad. Algunas veces el esfuerzo compartido puede centrarse en proporcionar transporte a los invitados para llevarles a la iglesia. Aspectos como estos son posibles de alcanzar solamente cuando el supervisor puede lograr que sus líderes integren un equipo con intereses y motivaciones comunes.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS


The coach’s work team 

The coach is the person responsible for overseeing an average of five cells. Consequently, he has a group of leaders with whom he must form a work team. Like a coach in any collective sports discipline, one of his tasks is to create synergy among his leaders. There is a responsibility to care for, encourage, guide and train each leader in particular. But, there is also a team dimension that must be built. The cells are the first line of advance of the church in a lost world and a coach must have a conquest plan for the sector of the city that corresponds to him.

An element of teamwork is to reach an overview with his leaders. It is natural for the leader to have his focus inside the cell, but it is the coach's job to make him see the strategic aspects of the neighborhood. Efforts may be focused on placing a cell in the house of a very influential family in the neighborhood or in winning a key person in the community. Sometimes the shared effort can be focused on providing transportation for the guests to take them to church. Aspects such as these are possible to achieve only when the coach can get his leaders to integrate a team with common interests and motivations.



TRADUCCIÓN AL PORTGUÉS

A equipe de trabalho do treinador
O treinador é a pessoa responsável por supervisionar em média cinco células. Consequentemente, ele tem um grupo de líderes com os quais ele deve formar uma equipe de trabalho. Como um treinador em qualquer disciplina esportiva coletiva, uma de suas tarefas é criar sinergia entre seus líderes. Existe a responsabilidade de cuidar, incentivar, orientar e treinar cada líder em particular. Mas há também uma dimensão de equipe que deve ser construída. As células são a primeira linha de avanço da igreja em um mundo perdido e um treinador deve ter um plano de conquista para o setor da cidade que lhe corresponde.
Um elemento importante do trabalho em equipe é trabalhar em conjunto para ter um plano estratégico. É natural que o líder tenha seu foco dentro da célula, mas é tarefa do treinador fazê-lo ver os aspectos estratégicos do bairro. Por exemplo, a equipe pode se concentrar em colocar uma célula na casa de uma família muito influente no bairro ou em ganhar uma pessoa-chave na comunidade. Às vezes, o esforço compartilhado pode ser focado em fornecer transporte para os convidados para levá-los à igreja. Aspectos como estes só são possíveis quando o treinador consegue que seus líderes integrem uma equipe com interesses e motivações comuns.

jueves, 29 de noviembre de 2018

LOS SUPERVISORES EN EL NUEVO TESTAMENTO

La palabra episkopos aparece varias veces en el Nuevo Testamento y se usa para referirse a las personas que tenían el rol de cuidar y animar a los creyentes. «Mirad por vosotros, y por todo el rebaño en que el Espíritu Santo os ha puesto por episkopos, para apacentar la iglesia del Señor, la cual él ganó por su propia sangre» (Hechos 20:28). Pablo afirma que dentro de una iglesia debía haber varias personas que desarrollaran ese rol: «...a todos los santos en Cristo Jesús que están en Filipos, con los episkoposy diáconos» (Filipenses 1:1). La idea de que hubiese un solo episkoposobre una iglesia y, luego, sobre varias fue una deformación que se introdujo muy posteriormente. Pero, inicialmente, el concepto era que había dentro de una iglesa varios episkopos que se dedicaban a cuidar, alimentar, animar, guiar y mentorear a los creyentes.
A ese rol es al que nos referimos cuando hablamos del papel de los supervisores en la iglesia celular. Son las personas encargadas de mentorear a los creyentes en una muy organizada estructura de cuidado pastoral. Hoy, al igual que en el pasado, su tarea sigue siendo muy importante y son un elemento esencial de soporte para la salud y el ánimo del pueblo del Señor. 


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

The coaches in the New Testament
The word episkoposappears several times in the New Testament and is used to refer to people who had the role of caring for and encouraging believers. «Therefore, take heed to yourselves and to all the flock, among which the Holy Spirit has made you (episkopos)overseers, to shepherd the church of God which He purchased with His own blood» (Acts 20:28). Paul affirms that within a church there should be several people who developped that role: «… To all the saints in Christ Jesus who are in Philippi, with the (episkopos) bishops and deacons» (Philippians 1: 1). The idea that there was only one episkopoon a church and then on several was a deformation that was introduced much later. But, initially, the concept was that there were several episkoposwithin a church that were dedicated to caring, feeding, encouraging, guiding and mentoring believers.
That role is what we refer to when we talk about the role of supervisors or coaches in the cell church. They are the people in charge of mentoring the believers in a very organized structure of pastoral care. Today, as in the past, their task is still very important and they are an essential element of support for the health and encouragement of the people of the Lord.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Os treinadores no Novo Testamento
A palavra “episkopos” aparece várias vezes no Novo Testamento e é usada para se referir a pessoas que tiveram o papel de cuidar e encorajar os crentes. Paulo disse: “Atendei por vós e por todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu (episkopos) bispos, para pastoreardes a igreja de Deus, a qual ele comprou com o seu próprio sangue” (Atos 20:28). Paulo afirma que dentro de uma igreja, muitos deveriam ter esse papel. Ele diz aos Filipenses: “Paulo e Timóteo, servos de Cristo Jesus, a todos os santos em Cristo Jesus, inclusive (episkopos) bispos e diáconos que vivem em Filipos” (Filipenses 1:1). A ideia de que havia apenas um episkopo por igreja era uma distorção que foi introduzida muito mais tarde. Mas, inicialmente, o conceito era que havia vários episkopos dentro de uma igreja que eram dedicados a cuidar, alimentar, encorajar e orientar os crentes.
É a esse papel que nos referimos quando falamos sobre o papel dos supervisores ou treinadores na igreja em células. Eles são os responsáveis ​​por orientar os crentes em uma estrutura muito organizada de cuidado pastoral. Hoje, como no passado, sua tarefa ainda é muito importante e eles são um elemento essencial de apoio à saúde e encorajamento do povo do Senhor.

jueves, 15 de noviembre de 2018

EL EVANGELISMO DA SALUD A LA CÉLULA

Los componentes de la célula son la comunión, la edificación y la evangelización. El evangelismo es el elemento dinamizador de los otros dos. La comunión más profunda es aquella que se alcanza cuando un grupo de personas comparten una causa. Igual que los soldados que no se conocen entre sí pero llegan al punto de arriesgar su vida por el compañero porque tienen un propósito común por el que luchan. Los cristianos también alcanzan una comunión profunda cuando comparten el ideal de alcanzar a los perdidos.

La mejor edificación es aquella que se obtiene en la batalla diaria por trasladar a los perdidos de las tinieblas a la luz. El mejor aprendizaje es el que se alcanza de manera práctica. El crecer en la fe es más efectivo cuando se hace que cuando se escucha. Cuando la célula se esfuerza por alcanzar a los perdidos, los miembros de la célula crecen en experiencia, conocimiento y aplicación de la palabra de Dios a las necesidades humanas. Así, el evangelismo es la clave para tener una célula saludable que evangeliza y que se multiplica.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

Evangelism gives health to the cell.
The components of the cell are communion, edification and evangelization. Evangelism is the dynamic element of the other two. The deepest fellowship is that which is reached when a group of people share a cause. Like soldiers who do not know each other but come to the point of risking their lives for a fellow soldier because they have a common purpose for which they fight. Christians also reach deep fellowship when they share the ideal of reaching the lost.

The best edification is that which is obtained in the daily battle to rescue the lost from darkness and bring them to the light. The best learning is achieved in a practical way. Growing in faith is more effective when it is practiced than when one only hears about it. When the cell strives to reach the lost, the cell members grow in experience, knowledge and application of the word of God to human needs. Thus, evangelism is the key to having a healthy cell that evangelizes and multiplies. 


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

O evangelismo dá saúde àcélula
Os componentes da célula são comunhão, edificação e evangelização. Dos três, o evangelismo é o mais dinâmico. De fato, a comunhão mais íntima ocorre quando o grupo de pessoas compartilha uma causa comum. Como soldados que não se conhecem, mas chegam ao ponto de arriscar suas vidas por um companheiro de batalha, porque eles têm um propósito comum para combater a batalha. Da mesma forma, os cristãos desenvolvem uma profunda comunhão quando compartilham a visão de alcançar pessoas perdidas.
A melhor maneira de construir um ao outro na célula (edificação) é depois de cada membro ter procurado resgatar pessoas perdidas das trevas e trazê-las para a luz. Em outras palavras, crescer na fé é mais eficaz quando se pratica do que quando se apenas ouve sobre isso. Quando a célula se esforça para alcançar os perdidos, os membros crescem em experiência, conhecimento e aplicação da palavra de Deus para as necessidades particulares. Assim, o evangelismo é a chave para ter uma célula saudável que cresce e se multiplica.

jueves, 1 de noviembre de 2018

LAS CÉLULAS PARTICIPATIVAS DEL NUEVO TESTAMENTO

La iglesia del Nuevo Testamento no tenía edificios para reunirse, por tanto, todos los pasajes en que se hace mención de las iglesias en realidad se refieren a las reuniones en las casas. En ese contexto encontramos descripciones como esta: “¿Qué hay, pues, hermanos? Cuando os reunís, cada uno de vosotros tiene salmo, tiene doctrina, tiene lengua, tiene revelación, tiene interpretación. Hágase todo para edificación. Si habla alguno en lengua extraña, sea esto por dos, o a lo más tres, y por turno; y uno interprete. Y si no hay intérprete, calle en la iglesia, y hable para sí mismo y para Dios. Asimismo, los profetas hablen dos o tres, y los demás juzguen. Y si algo le fuere revelado a otro que estuviere sentado, calle el primero. Porque podéis profetizar todos uno por uno, para que todos aprendan, y todos sean exhortados” (1 Corintios 14:26-31).

En las reuniones en las casas del Nuevo Testamento encontramos que había participación de todos “cada uno de vosotros tiene…” Cada creyente tenía un rol dentro de la reunión. También encontramos que las participaciones eran muy variadas: salmo, doctrina, lengua, revelación, interpretación. Pero, además, vemos que los creyentes se complementaban unos a otros: mientras que uno hablaba en lenguas el otro las interpretaba. El resultado de todo eso era que todos aprendían, todos eran exhortados. 

Esos lineamientos son los que nuestras células deben seguir hoy en día. El líder no es un hombre orquesta, por el contrario, es un facilitador que crea el ambiente para que cada miembro de la célula ejerza el papel que Dios le ha asignado. De esa manera, los creyentes se edifican los unos a los otros y se cumple el deseo de Dios en relación al sacerdocio universal de los creyentes.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

The participatory cells of the New Testament
The New Testament church had no buildings to meet, therefore, all the passages in which churches are mentioned actually refer to the meetings in the houses. In that context we find descriptions like this: “How is it then, brethren? Whenever you come together, each of you has a psalm, has a teaching, has a tongue, has a revelation, has an interpretation. Let all things be done for edification.  If anyone speaks in a tongue, let there be two or at the most three, each in turn, and let one interpret.  But if there is no interpreter, let him keep silent in church, and let him speak to himself and to God.  Let two or three prophets speak, and let the others judge. But if anything is revealed to another who sits by, let the first keep silent. For you can all prophesy one by one, that all may learn and all may be encouraged.” (1 Corinthians 14: 26-31).

In the house meetings of the New Testament we find that everyone participated… “each one of you has ...” Each believer had a role within the meeting. We also find that the participations were very diverse: psalm, doctrine, language, revelation, interpretation. But, in addition, we see that the believers complemented each other: while one spoke in tongues the other one interpreted them. The result of all this was that everyone was learning, everyone was exhorted.

Those guidelines are what our cells must follow today. The leader is not an orchestra man, on the contrary, he is a facilitator who creates the environment so that each member of the cell exercises the role that God has assigned him. Thus, the believers edify one another and the desire of God in relation to the universal priesthood of the believers is fulfilled. 


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

As células participativas do Novo Testamento
A igreja do Novo Testamento não tinha edifícios para atender, portanto, todas as passagens em que as igrejas são mencionadas realmente se referem às reuniões nas casas. Nesse contexto, encontramos descrições como esta: “Como é então, irmãos? Sempre que vocês se reúnem, cada um de vocês tem um salmo, tem um ensinamento, tem uma língua, tem uma revelação, tem uma interpretação. Deixe que todas as coisas sejam feitas para edificação. Se alguém fala em uma língua, haja dois ou no máximo três, cada um por sua vez, e deixe um interpretar. Mas, se não houver intérprete, fique calado na igreja e fale consigo mesmo e com Deus. Que dois ou três profetas falem e que os outros julguem. Mas se algo é revelado a outro que está sentado, deixe o primeiro ficar em silêncio. Pois todos podem profetizar um a um, para que todos aprendam e todos possam ser encorajados ”(1 Coríntios 14: 26-31).
Nas reuniões da casa do Novo Testamento, descobrimos que todos participaram … “cada um de vocês tem …” Cada crente teve um papel dentro da reunião. Nós também achamos que as participações eram muito diversas: salmo, doutrina, língua, revelação, interpretação. Mas, além disso, vemos que os crentes se complementavam: enquanto um falava em línguas, o outro os interpretava. O resultado de tudo isso foi que todos estavam aprendendo, todos foram exortados.
Essas diretrizes são o que nossas células devem seguir hoje. O líder não é o maestro de uma orquestra. Em vez disso, ele ou ela é um facilitador que cria o ambiente para que cada membro da célula exerça o papel que Deus lhes atribuiu. Assim, os crentes edificam uns aos outros e o desejo de Deus em relação ao sacerdócio universal dos crentes é cumprido.

jueves, 25 de octubre de 2018

ANIMANDO A LOS MIEMBROS A ASUMIR FUNCIONES EN LA CÉLULA

Algunas veces las personas pueden ser tímidas y necesitan el impulso de su líder de célula para animarse a dar el siguiente paso. Para asumir los roles de servicio dentro del programa de la célula las personas necesitan ir lentamente. Por ejemplo, es posible que una persona no se anime de una sola vez a dirigir una oración ante el grupo. Pero el líder puede comenzar por animar a los miembros a orar en parejas. De esa manera, la persona se ve solamente frente a otra y le es más fácil compartir una oración. Posteriormente, el líder puede invitarle a dirigir una oración en la que todos orarán juntos. Ya que todos orarán a una voz, resulta más fácil para el miembro tímido dirigir esa oración sabiendo que su voz será ahoga por las palabras de los demás.

Después de esas experiencias, la persona habrá desarrollado una confianza que le facilitará dar el siguiente paso: dirigir una oración en la célula mientras los demás le escuchan para pronunciar el amén final. De esa manera, la persona fue empoderada para asumir un rol del cual no se sentía capaz. Estos pasos, pueden modificarse para aplicarlos a otros roles como el de dar la bienvenida, dirigir las alabanzas o dar la lección de la célula. En la medida que las personas son animadas a asumir funciones dentro del programa, se multiplican las posibilidades de generar nuevos líderes.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

Encouraging members to assume functions in the cell
Sometimes people can be shy and need the impulse of their cell leader to be encouraged to take the next step. In order to assume the service roles within the cell program, people need to go slowly. For example, a person at first may not be encouraged to lead a prayer before the group. But the leader can start by encouraging members to pray in pairs. In this way, the person only sees herself in front of just another and it is easier to share a prayer. Afterwards, the leader can invite him or her to lead a prayer in which everyone will pray together. Since everyone will pray out loud, it will be easier for the shy member to direct that prayer knowing that his or her voice will be choked by the words of others.

After those experiences, the person will have developed a confidence that will facilitate the next step: direct a prayer in the cell while others just listen to him to pronounce the final amen. Thus, the person was empowered to take on a role he did not feel capable of. These steps can be modified to apply them to other roles such as welcoming the guests, directing worship or giving the cell lesson. As people are encouraged to take on functions within the program, the possibilities of generating new leaders multiply.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Encorajando os Membros a Assumirem Funções na Célula
Às vezes as pessoas podem ser tímidas e precisam do impulso de seu líder celular para serem encorajadas a dar o próximo passo. Mas não se esqueça de ir devagar. Por exemplo, uma pessoa a princípio não pode ser encorajada a conduzir uma oração antes do grupo, mas o líder pode começar incentivando os membros a orarem em pares. Desta forma, a pessoa só se vê na frente de apenas outra pessoa, e é mais fácil compartilhar uma oração. Depois, o líder pode convidá-lo para liderar uma oração em que todos oram juntos. Como todos orarão em voz alta, será mais fácil para o membro tímido dirigir essa oração sabendo que sua voz será unida pelas orações dos outros.
Depois dessas experiências, a pessoa terá desenvolvido uma confiança que facilitará o próximo passo: dirigir uma oração na célula enquanto outros apenas a ouvem para pronunciar o amém final. Assim, a pessoa foi capacitada para assumir um papel que ela não se sentia capaz. Essas etapas podem ser modificadas e aplicadas a outras funções, como dar as boas-vindas aos convidados, liderar a adoração ou dar a palavra da célula. À medida que as pessoas são incentivadas a assumir funções dentro da célula, as possibilidades de gerar novos líderes se multiplicam.