miércoles, 25 de febrero de 2015

PLANTANDO UNA NUEVA IGLESIA SIN DINERO.

Para plantar una iglesia celular solamente se necesita un líder de célula. El trabajo comienza cuando ese líder comienza a evangelizar a otra persona. Una vez ganada para Jesús esa primera persona debe ser discipulada y fortalecida en la fe. Luego continúa con una segunda persona para formar el núcleo de la célula inicial. A partir de allí, lo que continúa es el desarrollo normal de la célula que se multiplica una y otra vez.
Cuando se ha llegado a un total de entre 5 a 10 células, las personas rentan un local para sus reuniones dominicales. De esa manera es como una nueva iglesia ha sido plantada con un promedio de entre 50 a 100 miembros. Por supuesto, el proceso demanda paciencia, trabajo y sobre todo pasión. Cuando esos elementos se poseen, es posible seguir el procedimiento descrito y establecer una iglesia sin mayores inversiones económicas y sin necesidad de un aparato administrativo costoso.
Esa es la manera como han nacido la casi totalidad de iglesias Elim en el mundo. En este mismo momento estamos aplicando ese método en la ciudad de Roma, Italia. Nos encontramos en el punto donde ya tenemos una célula inicial. Todavía no hablamos de una iglesia en Roma. Pero, sí de una célula en Roma. Una célula que esperamos se multiplique una y otra vez hasta que los hermanos puedan rentar su propio local y, después, sostener a su propio ministro. De esa manera, habrá nacido nuestra iglesia filial en Roma. Lo cual, confiamos en el Señor que sucederá relativamente pronto.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

Planting a new church without money.
You only need a cell leader to plant a cell church. The work begins when that leader starts evangelizing someone else. Once that first person has been won for Jesus, he/she should be discipled and strengthened in faith. Then the leader should continue with a second person to form the core of the initial cell. From there, what follows is the normal development of the cell that multiplies over and over again.
When a total of between 5-10 cells is reached, the people rent a building for their Sunday meetings. That is how a new church has been planted with an average of between 50-100 members. Of course, the process requires patience, work and most of all passion. When you have these elements it becomes possible to follow the procedure above and establish a church without major economic investments and without an expensive administrative apparatus.
That is how almost all Elim churches around the world have been borne. At this very moment we are applying that method in the city of Rome, Italy. We are at the point where we have an initial cell. We don’t speak of a church in Rome yet. But, we do speak of a cell in Rome. A cell that we expect to multiply over and over again until the brethren can rent their own place and then support their own minister. Our branch church in Rome will be born in such a way. Which, we trust the Lord will happen relatively soon.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Plantando uma nova igreja sem dinheiro.
Você só precisa de um líder de célula para plantar uma igreja em células. O trabalho se inicia quando esse líder começa a evangelizar mais alguém. Uma vez que essa primeira pessoa foi conquistada para Jesus, ele ou ela deve ser discipulado(a) e fortalecida na fé. Depois o líder deve continuar com uma segunda pessoa para formar o núcleo da célula inicial. A partir disso, o que segue é o desenvolvimento normal da célula que se multiplica várias vezes.

Quando um total de 5 a 10 células é atingido, as pessoas alugam um edifício para seus encontros aos domingos. É assim que nós plantamos novas igrejas que tem em média de 50 a 100 membros. É claro que esse processo exige paciência, trabalho duro e, acima de tudo, paixão. Quando você tem esses elementos, é possível plantar uma igreja sem grandes investimentos econômicos e sem um aparato administrativo caro.


É assim que quase todas as igrejas Elim ao redor do mundo surgiram. Nesse exato momento nós estamos aplicando esse método na cidade de Roma, Itália. Nós estamos no ponto em que nós temos uma célula inicial. Ainda não estamos falando de uma igreja em Roma. Nós falamos de uma célula em Roma. No entanto, nós esperamos multiplicar essa célula várias vezes até que os irmãos possam alugar seu próprio lugar e, então, apoiar o seu próprio ministério. Nossa igreja filial em Roma vai nascer de tal forma. Estamos orando e esperando que o Senhor permita que isso aconteça muito em breve.

jueves, 12 de febrero de 2015

LA FORMACIÓN DE NUEVOS PASTORES DE CÉLULAS.

La iglesia Elim en San Salvador tiene en la actualidad 82 pastores. Esta es una cantidad grande para una sola iglesia local. Esa cantidad de pastores es necesaria dada la enorme cantidad de miembros que deben ser atendidos. ¿De qué manera se forman esos pastores? Siguiendo la lógica del modelo celular.
Todos nuestros pastores comenzaron en algún momento siendo líderes de célula. Sobre la base de su capacidad de multiplicación y desarrollo fueron, luego, promovidos a supervisores de 5 células. El paso de supervisor de células a pastor de zona es mucho más lento y selectivo. Las zonas, que son de entre 40 a 100 células no se multiplican con tanta velocidad. Pero, cuando ocurre, se busca un nueva pastor para cuidar de la nueva zona. La selección se realiza entre los supervisores existentes. En este caso, el criterio es siempre el buen desempeño en el trabajo celular, haber desarrollado cualidades ministeriales y poseer un llamado al ministerio a tiempo completo.
Mucho más lento, es el último paso. Que consiste en pasar de pastor de zona a pastor de distrito. Un distrito puede tener entre 8,000 a 13,000 miembros. Dado que solamente tenemos 9 distritos, el multiplicar uno de ellos es algo que ocurre a un ritmo más lento.
Como puede observarse, los pastores surgen de los líderes de células y son promovidos gracias a su buen desempeño en la multiplicación. Este procedimiento tiene sus debilidades. Por ejemplo, se puede caer en el error de usar como criterio el activismo en lugar del carácter, no hay un énfasis especial en la formación teológica, una persona pudiera ser promovida hasta el nivel de su ineficiencia. Estas debilidades son aspectos en los que trabajamos tratando de solucionarlos. Pero, en la actualidad, así es como se generan los pastores en Elim.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

The training of new cells pastors.
Elim Church in San Salvador currently has 82 pastors. This is a large amount for a single local church. That amount of pastors is necessary given the huge number of members that must be looked after. How are those pastors trained? Following the cell’s model logic.
All our pastors began sometime being cell leaders. Based on their ability to multiply and to develop were then promoted to supervisors of 5 cells. The step from cells supervisor to zone pastor is much slower and selective. The zones, which are between 40-100 cells don’t multiply so fast. But, when it happens, a new pastor is sought to look after the new zone. The selection is made between the existing supervisors. In this case, the criterion is always the good performance in the cell work, having developed ministerial qualities and having a call to full time ministry.
The last step is much slower. That is to move from being a zone pastor to a district pastor. A district may have between 8,000 to 13,000 members. Since we only have 9 districts, to multiply one of them is something that would happen at a slower pace.
As you can see, pastors stem from cell leaders and are promoted because of their good performance in multiplication. This method has its weaknesses. For example, you can make the mistake of using activism as a criterion instead of the character, there isn’t a special emphasis on theological education, and a person could be promoted to the level of his inefficiency. These weaknesses are areas in which we work trying to solve them. But at present, this is how the pastors are generated in Elim.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

O treinamento de novos pastores de células. 
A Igreja Elim em San Salvador atualmente tem 82 pastores. Esse é um número enorme para uma única igreja local. Esse grande número de pastores é necessário a fim de cuidar completamente de nossos membros. Mas como nossos pastores são treinados? Nós seguimos a progressão natural do sistema celular.
Todos os nossos pastores começaram como líderes de célula. Nós discernimos se eles são capazes de multiplicar seus próprios grupos de célula. Depois eles foram promovidos para se tornarem supervisores de mais cinco líderes de célula. O passo de supervisor de células para pastor de região é muito mais devagar e seletivo. As regiões, compostas de 40 a 100 células, não se multiplicam tão rápido. Mas quando a região multiplica, nós procuramos por um novo pastor para cuidar da nova região. Nós fazemos essa seleção dentre os supervisores existentes. O critério é sempre com base no sucesso no ministério celular, qualidades ministeriais (por exemplo: caráter, habilidades relacionais), e ter um chamado para o ministério integral.
O último passo de um pastor de região para um pastor de distrito é muito mais devagar. Um distrito em Elim tem de 8.000 a 13.000 membros. Nós temos 9 distritos e para multiplicar um deles demora um longo período de tempo.
Como você pode ver, os pastores vêm de líderes de célula que são promovidos com base nos frutos em multiplicação. Reconhecidamente, esse método tem suas fraquezas. Por exemplo, você pode cometer o erro de usar o ativismo como "o" critério, mais do que o caráter ou o conhecimento teológico. Assim, uma pessoa pode ser promovida para o nível de sua ineficiência. Na realidade, nós ainda estamos trabalhando em resolver estas áreas de fraquezas. No entanto, neste momento, esta é a forma como geramos pastores em Elim. 

jueves, 5 de febrero de 2015

LA CÉLULA COMO SEMILLA DE UNA NUEVA IGLESIA.

La idea básica del modelo celular es la de “capacitar a los santos para la obra del ministerio”. Dicha capacitación se produce por medio del ejercicio de los dones de cada creyente en el espacio de una reunión pequeña en una casa. La práctica del evangelismo, de la enseñanza y de la comunión permite el desarrollo de las capacidades del creyente para que, luego, pueda desarrollar un ministerio.
Elim se ha convertido en una denominación que posee la mayor cantidad de iglesias fuera de su territorio nacional. Nuestras filiales se extienden por Canadá, Estados Unidos, México, Centroamérica, España, Italia, Bélgica, Suiza y Australia. Solamente en los Estados Unidos existen más iglesias Elim que las que hay en El Salvador. Esta expansión podría pensarse que es el resultado de una ambiciosa estrategia misionera; pero, nada de eso. Todas esas iglesias fueron formadas a partir de la diáspora salvadoreña.
Una diáspora que comenzó con la guerra civil y ahora continúa con la crisis económica y de seguridad. Las personas huyen del país en busca de oportunidades de empleo. Aproximadamente un 30% de la población salvadoreña vive en el extranjero, precisamente en esos países que se mencionaron anteriormente. Entre esas personas iban muchos hermanos que en El Salvador fueron líderes de célula y, consecuentemente, habían sido entrenados para la obra del ministerio. Al llegar a sus países de destino eso fue lo que hicieron: el ministerio. Entendieron que no habían llegado a esas ciudades para ganar el alimento para sus familias sino que a abrir una nueva iglesia. Es así como nacieron nuestras iglesias filiales. No tenemos una estrategia misionera, no tenemos planes de expansión, no tenemos presupuestos para abrir nuevas iglesias. Ellas nacen y se desarrollan comenzando de una sola célula que luego se multiplica múltiples veces. Esos líderes solo siguen haciendo lo mismo que muchas veces hicieron en El Salvador: multiplicar células.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

The cell as the seed of a new church.
The basic idea of the cell model is “the perfecting of the saints, for the work of the ministry”. Such training occurs through the exercise of the gifts of every believer in the space of a small meeting in a house. The practice of evangelism, teaching and fellowship allows the development of the believer’s abilities, so that later on he can develop a ministry.
Elim has become a denomination that has the largest number of churches outside its national territory. Our branch churches expand throughout Canada, the US, Mexico, Central America, Spain, Italy, Belgium, Switzerland and Australia. Only in the United States there are more Elim churches than there are in El Salvador. This expansion may be thought to be the result of an ambitious mission strategy; but, it is none of that. All these churches were formed from the Salvadoran diaspora.
A diaspora that started with the Civil War and now continues with the economic and security crises. People are fleeing off the country in search of job opportunities. Approximately 30% of the Salvadoran population lives abroad, precisely in those countries mentioned above. Among those people were many brothers who were cell leaders in El Salvador and, consequently, had been trained for the work of ministry. Upon reaching their destination countries that's what they did: the ministry. They understood that they had not come to these cities to earn food for their families, but to open a new church. This was how our branch churches were born. We don’t have a mission strategy, we don’t have plans for expansion, and we have no budget to open new churches. These are born and developed starting from a single cell which is then multiplied many times. Those leaders just keep on doing the same thing they often did in El Salvador: multiply cells.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

A célula como a semente de uma nova igreja.
A ideia básica do modelo celular é “o aperfeiçoamento dos santos, para o trabalho do ministério”. Parte desse “aperfeiçoamento” ocorre através do exercício dos dons de cada crente no espaço de uma pequena reunião em uma casa. A prática do evangelismo, do ensino e do companheirismo ajuda no desenvolvimento de cada crente que, mais tarde, pode desenvolver um ministério.
Elim tornou-se uma denominação que tem mais igrejas fora do seu território nacional. Nossas igrejas filiais expandiram-se por todo o Canadá, EUA, México, América Central, Espanha, Itália, Bélgica, Suíça e Austrália. Nos Estados Unidos existem mais igrejas Elim do que há em El Salvador. Você pode pensar que a expansão da nossa igreja é o resultado de uma ambiciosa estratégia missionária, mas, na realidade, isso não é verdade. Todas essas igrejas foram formadas como resultado da diáspora de El Salvador (a dispersão do povo de El Salvador por todo o mundo).
Essa diáspora começou com a Guerra Civil em El Salvador e agora continua com as crises da economia e da segurança. As pessoas estão fugindo do país em busca de oportunidades de trabalho. Cerca de 30% da população de El Salvador vive no exterior, precisamente nesses países mencionados acima. Entre essas pessoas que partiram estavam irmãos e irmãs em Cristo que eram líderes de células em El Salvador e, consequentemente, tinham sido treinados para o trabalho do ministério. Ao chegar a seus países de destino, eles naturalmente iniciaram grupos de células, uma vez que esta era a sua vida e ministério. Eles entenderam que não tinham ido a essas cidades para ganhar comida para suas famílias, mas para abrir uma nova igreja. Foi assim que nossas igrejas filiais nasceram. Nós não temos uma estratégia missionária, não temos planos de expansão, e não temos orçamento para abrir novas igrejas. Estas nascem e se desenvolvem a partir do início de uma única célula que então é multiplicada muitas vezes. Os líderes apenas continuam fazendo a mesma coisa que fizeram muitas vezes em El Salvador: multiplicar células. 

jueves, 29 de enero de 2015

EL CICLO CELULAR.

El modelo celular es un ciclo que se alimenta a sí mismo. Los eslabones de ese ciclo se pueden resumir en los siguientes elementos: más líderes igual a más células, más células igual a más personas alcanzadas, más personas alcanzadas igual a mayor cantidad de bautismos en agua, mayor cantidad de bautizados en agua igual a mayor cantidad de candidatos a líder, mayor cantidad de candidatos igual a mayor cantidad de líderes. Así, el ciclo vuele a comenzar.
Dado que se trata de un ciclo, éste vuelve a repetirse una y otra vez. La capacidad de una iglesia para multiplicar líderes está limitada por la cantidad de población que haya en su ciudad. Pero éste no es un ciclo automático. Con mucha frecuencia la ecuación anterior no funciona en la vida real. Siempre que el ciclo se interrumpe es porque uno de los eslabones se rompió. Para asegurar que el ciclo continúe de manera indefinida hay que asegurar que cada líder reciba su célula, que cada célula haga invitados, que los invitados nazcan de nuevo, que los nacidos de nuevo sean discipulados y se bauticen en agua, que los bautizados en agua asistan a la Ruta del Líder y que cada persona que reciba la Ruta se convierta en un nuevo líder.
Es importante fijar el ADN del sistema para que luego se continúe reproduciendo. Al girar sobre sí mismo, este ciclo crea una fuerza centrípeta que puede atraer a personas fuera de él. Esas personas que se interesan por el sistema celular llevan la ventaja que fueron atraídos por la dinámica misma del ciclo. No es difícil incorporar a las personas que son atraídas de esa manera. En resumen, el modelo celular se reproduce a sí mismo produciendo sus propios líderes, pero también puede atraer a personas externas para hacer de ellas también líderes.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

The cell cycle.
The cell model is a cycle that feeds on itself. The links in this cycle can be summarized in the following: more leaders equals to more cells, more cells equals to more people reached, more people reached equals to a greater amount of baptisms in water, the more water baptized equals to a greater amount of leader’s candidates, a greater amount of candidates equals to a greater number of leaders. Thus the cycle starts back again.
Since this is about a cycle, it repeats over and over again. The church’s ability to multiply leaders is limited by the amount of people in its city. But this is not an automatic cycle. Quite often the above equation does not work in real life. Whenever the cycle is interrupted, it is because one of the links broke. To ensure the cycle’s indefinite continuity we must ensure that each leader receives his cell, that each cell makes guests, that guests are born again, that the born again are discipled and are baptized in water, that the baptized in water attend the Leader’s Route and that each person who receives the Leader’s Route becomes a new leader.
It is important to secure the system’s DNA so that later on it continues reproducing. By turning around itself, this cycle creates a centripetal force that can attract people from outside of it. Those people who become interested in the cell system have the advantage to be attracted by the own dynamics of the cycle. It is not difficult to incorporate people who are attracted in that way. Doing recap, the cell model reproduces itself by producing its own leaders, but it can additionally attract outsiders to also make them leaders.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

O ciclo da célula.
O modelo de célula é um ciclo que se auto alimenta. As ligações neste ciclo podem ser resumidas na seguinte forma:
                Mais líderes é igual a mais células
                Mais células é igual a mais pessoas alcançadas
                Mais pessoas alcançadas é igual a um número maior de batismos na água
                Mais batismos na água é igual a um número maior de candidatos à liderança
                Mais candidatos à liderança é igual a um número maior de líderes
Assim, o ciclo começa novamente. Como se trata de um ciclo, ele se repete inúmeras vezes. A capacidade da igreja para multiplicar líderes é limitada pela quantidade de pessoas em sua cidade.
Mas este não é um ciclo automático. Muitas vezes a equação acima não funciona na vida real. Sempre que o ciclo é interrompido, é porque uma das ligações está quebrada. Para garantir a continuidade indefinida do ciclo, temos de assegurar que cada líder está preparado para liderar a célula, que cada célula evangeliza, que novas pessoas são nascidas de novo, que os nascidos de novo são discipulados, batizados na água, começam a frequentar o equipamento (caminho ou rota) e, finalmente, de que aqueles que se graduam se tornam líderes.
É importante estabelecer o DNA do ciclo celular a fim de assegurar sua continuação. Ao manter o ritmo do ciclo, desenvolve-se uma força centrípeta que pode atrair pessoas de fora. Aquelas pessoas que se interessam pelo sistema de célula são então atraídas pela dinâmica do ciclo. Não é difícil incorporar pessoas que são atraídas dessa forma. Mais uma vez, o modelo de célula se reproduz através da produção de seus próprios líderes, mas pode adicionalmente atrair pessoas de fora para também torná-las líderes. 

jueves, 15 de enero de 2015

LOS VALORES DEL TRABAJO CELULAR.

Al hablar del modelo celular muchas personas continúan conectándolo con el crecimiento de la iglesia. Se piensa que al adoptar el modelo celular se tendrá como resultado una mega iglesia. Pero si echamos un vistazo encontraremos que las mega iglesias son una excepción antes que la norma en el movimiento celular. La verdadera finalidad de trabajo celular no es estrictamente el crecimiento numérico; lo es el regreso al modelo del Nuevo Testamento y a los valores fundamentales del cristianismo.
Mientras no se comprenda esa realidad las inquietudes siempre girarán en torno a cómo multiplicar las células, cuál es el papel del líder, cuánto tiempo se necesita para multiplicar una célula, etc. Esas preguntas reflejan el deseo de querer encontrar la llave maestra que abrirá el camino hacia una mega iglesia. Pero mientras se enfocan en el crecimiento, se puede descuidar aspectos esenciales de la vida cristiana como el discipulado, el uso de los dones, el ministerio de los creyentes, la comunidad como cuerpo de Cristo, etc.
El enfoque debe ser en lo esencial del trabajo celular. Lo esencial son los valores y los principios. Éstos son inalterables porque se rigen por la palabra de Dios. En cambio los modelos no son transferibles, no se deben copiar. Lastimosamente la mayor parte de las preguntas de las personas son relacionadas al modelo y no a los valores y principios. Pero son éstos los que dan vida al modelo y no a la inversa.  


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

The values ​​of cell work.
When speaking about the cell model many people continue connecting it with church growth. It is thought that by adopting the cell model the result will be a mega church. But if we look we’ll find that mega churches are the exception rather than the rule in the cell movement. The true purpose of cell work is not strictly the numerical growth, but to return to the New Testament model and the fundamental values ​​of Christianity.
The concerns will always revolve around how to multiply the cells, what is the leader’s role, how long does it take to multiply a cell, etc. while this reality isn’t understood. Those questions reflect the desire to find the master key that will open the way to a mega church. But while focusing on growth, one can neglect essential aspects of the Christian life as discipleship, the use of the gifts, the ministry of believers, and the community as the body of Christ, etc.
The focus should be on the substance of cell work.  The values ​​and principles are the essential. These are unalterable because they are governed by the word of God. On the contrary, the models are not transferable, these should not be copied. Unfortunately most of the questions people ask are related to the model and not to the values ​​and principles. But these are the ones that give life to the model and not the way around.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Os valores do trabalho celular.

Ao falar sobre o modelo celular, muitas pessoas continuam ligando-o com o crescimento da igreja. Eles acham que ao adotar o modelo celular terão uma igreja enorme. Mas se nós olharmos atentamente, vamos perceber que igrejas enormes são mais exceções do que a regra do movimento celular. O verdadeiro propósito do ministério de células não é estritamente o crescimento numérico, mas um retorno ao modelo do Novo Testamento e aos valores fundamentais do cristianismo.
Se o objetivo é se tornar uma igreja enorme, o pastor ficará preocupado principalmente em como multiplicar as células, qual é o papel do líder, quanto tempo leva para multiplicar uma célula, e assim por diante. Estas questões refletem o desejo de encontrar a chave mestra que de alguma forma vai abrir o caminho para se tornar uma super igreja. Mas ao se concentrar no crescimento, pode-se negligenciar aspectos essenciais da vida cristã, como o discipulado, o uso dos dons, o ministério dos crentes, e da comunidade como o corpo de Cristo.
O foco deve ser o fundamento bíblico do ministério de células. Os valores e princípios são o essencial. Eles são inalteráveis , porque são governados pela Palavra de Deus. Os modelos, ao contrário, não são transferíveis, eles não devem ser copiados. Infelizmente a maioria das perguntas que as pessoas fazem estão relacionadas ao modelo e não aos valores e princípios. Mas estes são os que dão vida ao modelo, e não o contrário. 

miércoles, 24 de diciembre de 2014

ENFOCADOS EN EL POR QUÉ.

El enfoque de los líderes en el por qué del trabajo celular se logra por medio de las reuniones semanales de supervisión. Esta se realiza entre los pastores de zona y sus supervisores y líderes. En ella, el pastor de zona siempre vuelve sobre los elementos esenciales del modelo celular. Es la gota constante que cada semana enfatiza el por qué del trabajo.
No obstante, el recurso que sirve como el más grande faro de orientación es la conferencia anual de supervisores y líderes. Esa actividad se realiza a mediados del año, normalmente en julio, y congrega a los líderes durante una semana entera para fortalecer los elementos bíblicos que constituyen el por qué del trabajo. Es una especie de curso intenso que se recibe todos los años y que unifica, al mismo tiempo que moldea, el trabajo celular. Sirve mucho de inspiración pero el motivo principal es la orientación filosófica del modelo.
En el caso del pastor Cho, la conferencia la realiza dos veces al año. En nuestro caso es solamente una vez en el año pero ha sido de mucha utilidad para darle rumbo y sustentación al trabajo celular.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

Focused on why.
The leaders’ focus on why doing the cell work is accomplished through the weekly supervision meetings. This meeti.ng takes place with the zone pastors and their supervisors or coaches, and leaders. Here the zone pastor always goes through the essential elements of the cell model. It is the constant drop that every week emphasizes on why this job is done.
However, the resource that serves as the largest lighthouse of guidance is the annual conference of supervisors and leaders. That activity takes place in the middle of the year, usually in July, and gathers the leaders for a whole week to strengthen the biblical elements that constitute the question why the job. It's kind of an intense course that is received every year and that unifies, while it molds the cell work. It is very inspiring, but the main reason is the philosophical orientation of the model.
In Pastor Cho’s case, the conference takes place twice a year. In our case it is only once a year, but it has been very useful to give direction and maintenance to the cell work.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Focada em razão.
Por meio das reuniões semanais de supervisão, mantemos os líderes de célula focados no “porquê” do ministério de células. Essas reuniões acontecem com os pastores de área e supervisores/coaches. O objetivo dessas reuniões é ajudar os líderes a compreender os elementos essenciais do modelo de células, e os pastores de área e supervisores focam nisso de forma persistente. Os líderes de célula realmente captam a visão quando entendem porque o ministério de células é tão importante, e essa ênfase acontece semanalmente.
No entanto, provavelmente o evento mais importante de enfatizar a visão e compartilhar as ferramentas é nossa conferência anual para supervisores e líderes. Esse evento acontece no meio do ano, geralmente em julho, e reúne os líderes para uma semana inteira para reforçar os fundamentos bíblicos que constituem o “porquê” do ministério de células. É uma espécie de curso intensivo que acontece todos os anos e unifica modelos, e fortalece o ministério de células. Embora esse evento ser muito inspirador, a principal razão é a ênfase na filosofia do modelo.

Na igreja do pastor Cho, este tipo de conferência acontece duas vezes no ano. No nosso caso, é só uma, mas tem sido muito importante para dar direção e manutenção ao ministério de células.

jueves, 18 de diciembre de 2014

LA RAZÓN DEL TRABAJO CELULAR.

La iglesia organizada de manera celular responde al modelo del Nuevo Testamento. Permite a los creyentes evangelizar, edificarse, tener comunión y ejercer los dones que el Espíritu Santo les ha entregado. La iglesia, como cuerpo de Cristo, se edifica en la medida que cada creyente ejerce su sacerdocio y cumple con el papel que le ha sido asignado como miembro de ese cuerpo.
Esa es la razón de organizarse como comunidad de Cristo en las casas y en las celebraciones. El propósito esencial no es necesariamente el crecimiento numérico sino el vivir como cuerpo de Cristo. En otras palabras, se trata de un acto de obediencia al diseño de Dios para su iglesia. Al hablar de la organización celular de la iglesia, en verdad, no se trata de algo opcional. La realización del sacerdocio de todos los creyentes, el ejercicio de los dones, en fin, desarrollar la obra del ministerio se produce de manera natural y necesaria a través del trabajo celular. Este el por qué del modelo.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

The reason for cell work.
The church organized according to the cell pattern responds to the New Testament model. It enables believers to evangelize, edify themselves, have fellowship and exercise the gifts that the Holy Spirit has given them. The church as the body of Christ is built up as every believer exercises his priesthood and fulfills the role that has been assigned to him as a member of that body.
That is the reason why to be organized as a community of Christ in the houses and in the celebrations. The main purpose is not necessarily the numerical growth but living as the body of Christ. In other words, it is about an act of obedience to God's design for His church. When speaking about the church’s cell organization, it is truly not about something optional. The achievement of the priesthood of all believers, the exercising of the gifts; in brief, the development of the work of ministry is something that happens naturally and necessarily through the cell work. This is the reason for the model.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Razões para o ministério de células.
A igreja organizada conforme o padrão de células é baseada no modelo do Novo Testamento. Ele possibilita os crentes a evangelizar, ministrar uns aos outros, ter companheirismo, e a exercitar os dons que o Espírito Santo lhes deu. A igreja como o corpo de Cristo é construída à medida que cada crente exerce o sacerdócio de todos os crentes e cumpre o papel que lhe foi atribuído como um membro desse corpo.
O texto acima ilustra o porquê é essencial ser organizada como a comunidade de Cristo através do ministério de casa em casa e depois celebrando juntos em encontros maiores. O principal propósito não é necessariamente o crescimento numérico, mas viver como o corpo de Cristo. Em outras palavras, trata-se de um ato de obediência ao desígnio de Deus para a Sua igreja. Ao falar sobre a organização das células da igreja, realmente não se trata de algo opcional. A realização do sacerdócio de todos os crentes, o exercício dos dons; em resumo, o desenvolvimento do trabalho do ministério é algo que acontece naturalmente e necessariamente por meio do trabalho das células. Essa é a razão para o modelo.