jueves, 14 de mayo de 2015

LA IMPORTANCIA DE LA RUTA DEL LÍDER.

Cuando Elim comenzó su trabajo celular no tenía un curso de entrenamiento para nuevos líderes. Solamente se tenían cuatro lecciones que se impartían una vez por semana. Es decir, en un mes una persona se consideraba capacitada como líder. Esto fue así por varios años. No se tuvo problemas porque hay que recordar que cuando Elim hizo su transición para convertirse en una iglesia celular ya contaba con alrededor de 3,000 miembros. Había personas muy maduras en la fe, doctrinalmente competentes, con experiencia en la evangelización y muy apasionadas por Jesús.
Con el paso de los años esa reserva de personal humano que la iglesia tenía se agotó. Pero, continuamos trabajando sin tener un curso de entrenamiento o Ruta del Líder. En los seminarios que compartimos con Joel Comiskey escuché el énfasis que Joel dada al tema de la Ruta del Líder. En algunas ocasiones mencionaba que las características básicas de una iglesia celular incluían el tener una Ruta del Líder definida. Entonces caí en la cuenta que, en verdad, nosotros no teníamos una Ruta del Líder y que eso constituía una debilidad marcada de nuestro modelo.
Después de haber escuchado a varios pastores celulares del mundo hablar sobres sus respectivas Rutas logramos elaborar la nuestra. Al echarla a andar experimentamos un incremento sensible en el ritmo de crecimiento de la iglesia. Ahora comprendo que fue un error el haber dejado pasar tanto tiempo sin una Ruta del Líder definida. Toda iglesia celular debería adoptar una Ruta del Líder o crear la propia. Pero, no debe dejar pasar mucho tiempo sin poseerla.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

The Leader’s Route Importance.
When Elim began its cell work it didn’t have a training course for new leaders. We only had four lessons that where taught once a week. That is, a person was considered trained as a leader in one month. This went on for several years. It didn’t represent any problems because you have to remember that when Elim transitioned to become a cell church it already had about 3,000 members. There were very mature people in the faith, doctrinally competent, with experience in evangelization and very passionate for Jesus.
Over the years we ran out of this reservoir of human personnel that the church had. But we continue to work without a training course or Leader’s Route. In the seminars shared with Joel Comiskey I heard the emphasis Joel gave to the subject of the Leader’s Route. Sometimes he mentioned that the basic features of a cell church included having a defined Leader’s Route. Then I realized that we really didn’t have a Leader’s Route and that this constituted a marked weakness of our model.
We were able to develop our own after listening to several cell world pastors speak about their respective routes. We experienced a significant increase in the growth rate of the church when we started it. Now I understand it was a mistake to let so much time pass without having a defined Leader’s Route. Every cell church should adopt a Leader’s Route or create its own. But it should not let a long time pass without having one.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

A importância do equipamento.
Quando a Igreja Elim começou seu ministério celular, não existia um curso de treinamento para novos líderes. Nós tínhamos apenas quatro aulas que eram ensinadas em quatro semanas, uma aula por semana. Ou seja, uma pessoa era considerada treinada como um líder em um mês. Isso continuou por muitos anos. Nós não tínhamos problemas com esse equipamento porque você deve se lembrar que, quando a Elim fez a transição para se tornar uma igreja em células, ela já tinha cerca de 3.000 membros. Muitos desses membros eram pessoas muito maduras na fé, doutrinariamente competentes, com experiências em evangelismo, e muito apaixonadas por Jesus.
Contudo, com o passar dos anos nós ficamos sem esse reservatório de crentes maduros. Ainda assim, nós continuamos trabalhando sem um equipamento reformulado (isto é, sem uma Rota de Treinamento de Líder). Nos seminários que eu dei com Joel Comiskey, eu o ouvi compartilhar várias e várias vezes sobre a importância de um trilho de equipamento forte. Ele mencionava frequentemente que um aspecto-chave na igreja em células é ter uma Rota de Líder bem definida. Foi então que eu percebi que nós não tínhamos de fato uma Rota de Líder e que isso constituía uma fraqueza evidente do nosso modelo.
Nós pudemos desenvolver o nosso próprio trilho depois de analisar o equipamento de outras igrejas em células e ouvir o que elas tinham a dizer sobre isso. Nós experimentamos um aumento significante na taxa de crescimento de nossa igreja, uma vez que foi implementado o equipamento em toda a igreja. Agora eu entendo que foi um erro deixar passar tanto tempo sem termos uma Rota de Líder definida. Toda igreja em células deve adotar uma Rota de Líder ou criar sua própria. Mas não espere tanto quanto nós para ter uma!