jueves, 29 de agosto de 2013

EL TRABAJO QUE NO DEBE SER TRABAJO


El principal trabajo que se hace en el modelo celular al evangelizar es el desarrollar obras de amor. Las personas creen más por las obras que por las palabras. Es mucho más fácil hablar del evangelio que vivirlo cada día. Por ello es que evangelizar con los hechos requiere un esfuerzo constante.
No obstante, el evangelizar con las obras de amor se vuelve mucho más liviano cuando se convierte en un estilo de vida. Cuando andamos en amor ya no se requiere un esfuerzo extraordinario. Solamente se debe vivir.
Si nuestras acciones se rigen por la regla del amor, nuestra vida será un constante testimonio hacia aquellos que todavía no conocen a Jesús. Ellos, atraídos por esa particularidad del cristiano, terminarán por creer.
El amor nos conduce a caminar una milla más. La milla extra que nadie hace por iniciativa propia. Pero que los cristianos la caminan motivados por el amor. Esa milla extra es la que establece la diferencia y lleva a muchos a salvación. No hay mejor manera de trabajar en el evangelismo celular que llevando una vida cristiana de hechos y no de palabras. A la larga, esto debería dejar de ser un trabajo para convertirse en la vida misma.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

The work that should not be work.
When evangelizing the main work done in the cell model is developing labors of love. People believe more the works than the words. It's much easier to talk about the gospel than to live it every day. That is why to evangelize with actions requires a constant effort.
However, it becomes much more a lightweight to evangelize with the labors of love when it turns into a lifestyle. When we walk in love it does not require an extraordinary effort anymore. One should only live.
If our actions are governed by the rule of love, our life will be a constant testimony to those who do not know Jesus yet. Attracted by that uniqueness of the Christian, they will eventually believe.
Love leads us to walk an extra mile. The extra mile that nobody walks on their own initiative. But the one Christians walk motivated by love. That extra mile is what makes the difference and leads many to salvation. There is no better way to work on cell evangelism than living a Christian life of acts rather than words. Ultimately, this should stop being work to become life itself.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Evangelizando por meio de atos de gentileza. 
Na Igreja Elim, a maneira principal das células evangelizarem é por meio de atos de amor e gentileza. As pessoas acreditam mais quando elas veem o amor em ação, do que meras palavras. É muito mais fácil falar sobre o evangelho do que vivê-lo. É por isso que é preciso ter a consciência do esforço persistente para evangelizar outros, pois isso significa que eles verão muito mais o amor em ação, do que apenas ouvir sobre o evangelho. Ao mesmo tempo, amar as pessoas para dentro do Reino nunca deveria ser um fardo – deveria ser um estilo de vida.
Quando andamos em amor, não se requer um esforço extraordinário. Somos livres para sermos nós mesmos, e viver uma vida em amor. Se nossas ações são governadas pela regra do amor, nossa vida será um testemunho constante para aqueles que não conhecem a Jesus. Atraídos pelo doce sabor de Cristo, o descrente irá acreditar na mensagem do evangelho.
O amor nos leva a andar a segunda milha. Eu me refiro à atitude extra de amor e cuidado que leva o descrente a crer em Jesus. Não há melhor maneira de evangelizar na célula do que focar mais em atos cristãos de bondade do que meras palavras. Se isso se tornar o estilo de vida das pessoas na célula, muitos virão a conhecer Jesus.