jueves, 13 de octubre de 2016

LOS PLANTADORES DE IGLESIAS.

Las iglesias son el cuerpo de Cristo en la tierra, consecuentemente, deberían hacer lo mismo que Jesús haría en nuestras circunstancias hoy. El responder a esa aspiración debería ser la mayor motivación cuando se planta una iglesia. Al frente debe encontrarse un hombre con el corazón de Cristo. Es decir, alguien compasivo, dispuesto a servir, a recibir a los despreciados, a atender a los niños, a sanar las comunidades, a llevar esperanza a los desesperados.
Por supuesto que la formación bíblica y teológica son importantes, pero no pueden sustituir el corazón de Jesús que debe palpitar en el ministro. Por definición, un ministro es alguien que sirve a los demás. Sin esa íntima vocación de servicio, sin esperar recibir nada a cambio, difícilmente se puede hablar propiamente de una iglesia cristiana. Se puede hablar de un grupo religioso, de un grupo de amigos; pero, no será el cuerpo de Cristo sobre la tierra. Debemos orar para que Dios envíen este tipo de obreros a su mies.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

Church planters.
Churches are the body of Christ on earth, consequently, they should do what Jesus would do in our circumstances today. The answer to that aspiration should be the biggest motivation when one plants a church. There should be a man with the heart of Christ at the front. That is, someone compassionate, willing to serve, to receive the despised, to care for children, to heal communities, to bring hope to the hopeless.
Of course the biblical and theological formations are important, but these cannot replace the heart of Jesus that should beat inside the minister. By definition, a minister is someone who serves others. Without this intimate vocation of service, without expecting to receive anything in return, one can hardly speak of a real Christian church. One can speak of a religious group, a group of friends; but it won’t be the body of Christ on earth. We must pray that God send this type of laborers into his harvest.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Plantadores de Igrejas.
Igrejas são o corpo de Cristo na terra, consequentemente, elas devem fazer o que Jesus faria em nossas atuais circunstâncias. A resposta à esse propósito deve ser a maior motivação quando se planta uma igreja. Plantadores de igreja devem ter o coração de Cristo enquanto eles lideram. Isto é, alguém compassivo, disposto a servir, para receber o desprezado, para cuidar de crianças, para curar comunidades, para trazer a esperança ao que não tem.

É claro que as formações bíblicas e teológicas são importantes, mas elas não podem substituir o coração de Jesus, que deve bater dentro do ministro. Por definição, um ministro é alguém que serve aos outros. Sem essa íntima vocação de serviço, que não espera receber nada em troca, dificilmente se pode falar de uma igreja cristã real. Pode-se falar de um grupo religioso, um grupo de amigos, mas isso não será o corpo de Cristo na terra. Nós devemos orar para que Deus envie plantadores de igreja com o coração de Jesus para realizarem a colheita.