jueves, 22 de octubre de 2015

LA REALIDAD DE LA ORACIÓN INTERCESORA.

Mientras desarrollaba mi función de pastor de Elim en la ciudad de Santa Ana, fui invitado a predicar en la iglesia madre de San Salvador, la capital del país. Durante mi predicación ante un auditorio totalmente lleno comencé a experimentar una sensación muy extraña. Hasta el día de hoy me cuesta explicarla. Era una sensación de una especie de ruido o sonido que percibía de algún lugar. En realidad no era que se escuchara sino que más bien se sentía. Es difícil de explicarlo, no se escuchaba pero se experimentaba como si en verdad se oyera.
La sensación me llamó mucho la atención pero no interrumpió el orden de mi predicación. Tratando de encontrar la fuente que producía aquella sensación comencé a ver detenidamente a las personas mientras continuaba mi sermón. Todos estaban con mucha atención y quietud, nada que indicara el origen de ese fluido. Por un momento pensé que la sensación venía de las primeras sillas, seguí predicando y caminé al borde de la plataforma y observé fijamente a las personas en las primeras sillas. Todas estaban en completa quietud y silencio, escuchando muy atentas.
Después, me di cuenta que la sensación no venía de adelante, del público, sino que era del piso. Mientras seguía predicando veía hacia el piso y efectivamente, pude darme cuenta que esa especie de fluido subía del piso hacia mí y me provocaba una especie de energía. La sensación continuó hasta que terminé el sermón y varias docenas de personas terminaron creyendo en Jesús. Al bajar de la plataforma me fui a sentar a una de las sillas de al lado, todavía preguntándome ¿qué fue eso?
La plataforma de la iglesia era bastante alta y en ese momento vi que debajo de la plataforma salía un grupo de diáconos que habían estado intercediendo todo el tiempo por mí. Todo cobró sentido. La experiencia de lo que significa la intercesión había sido muy viva y muy real.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

The reality of interceding prayer.
While developing my function as Elim pastor in the city of Santa Ana, I was invited to preach at the Mother church in San Salvador, the capital of the country. During the preaching at an auditorium completely filled with people, I began feeling a very strange sensation. Up to this day I have a hard time explaining it. It was a sensation of a noise or sound coming from someplace. It really wasn't something audible it was something you could feel. It's hard to explain, you couldn't hear it but it was experienced as if you could hear it.
The sensation caught my attention but it did not interrupt the order of my preaching. Trying to find the source that produced that sensation I started to take a close look to the people while I continued my sermon. Everyone was attentive and quiet, nothing that could indicate the origin of this fluid. For a moment I thought the sensation came from the front chairs, I kept preaching and walked to the border of the platform and steadily observed the people on the first chairs. Were all completely quiet and silence, listening carefully.  
After, I realized the sensation was not coming from the front of the crowd but it was from the floor. While I kept preaching I was looking towards the floor and effectively, I was able to see that this kind of fluid raised from the floor towards me and provoked a kind of energy. This sensation continued until I finish the sermon and a few dozens of people believed in Jesus. When I got off the platform I went to sit on a side chair, still asking myself, "what was that?".
The church's platform was really high and in that moment I saw under the platform there was a group of deacons exiting that had been interceding for me all this time. Everything made sense. The experience of what intercession means had been so alive and very real.

TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

A realidade da oração intercessória.
Como um pastor da Igreja Elim na cidade de Santa Ana, eu fui convidado para pregar na Igreja Matriz em San Salvador, a capital do país. Durante uma ocasião, enquanto eu pregava em um auditório completamente cheio de gente, eu comecei a sentir uma sensação muito estranha. Até hoje eu tenho dificuldade em explicá-la. Era como uma sensação de um ruído ou som vindo de algum lugar. No entanto, não era algo realmente audível; era algo que você poderia sentir. É difícil de explicar; você não poderia ouvir, mas eu vivenciei como se eu pudesse ouvir.
A sensação me chamou a atenção, mas não interrompeu a minha pregação. Tentando encontrar a fonte que produziu aquela sensação, eu comecei a olhar mais atentamente às pessoas enquanto eu continuava meu sermão. Todo mundo estava atento e silencioso, nada que pudesse indicar a origem dessa impressão. Por um momento eu pensei que a sensação vinha das cadeiras da frente e, assim, conforme eu continuava pregando, eu fui até a borda da plataforma e observei firmemente as pessoas nas primeiras cadeiras. Todos estavam completamente quietos, ouvindo atentamente. 
Então, eu percebi que a sensação não estava vindo da frente da multidão, mas do próprio chão. Enquanto eu continuava a pregar, eu fiquei olhando para o chão e pude ver um tipo de fluido que levantou do chão e veio em minha direção, provocando uma energia particular. Essa sensação continuou até eu terminar o sermão, fiz o chamado para o altar e vi várias dezenas de pessoas entregando suas vidas a Jesus. Quando eu saí da plataforma, eu fui me sentar em uma cadeira, ainda me perguntando: "O que foi isso?"

A plataforma da igreja era realmente alta e naquele momento eu vi um grupo de diáconos sob a plataforma que estava intercedendo por mim o tempo todo enquanto eu pregava. Foi então que tudo fez sentido. O que eu estava sentindo era o poder de Deus que veio como um resultado direto das pessoas orando.