jueves, 10 de septiembre de 2015

PASIÓN Y PERSISTENCIA, NO HAY OTRA OPCIÓN.

Cuando Joel Comiskey escribía su libro “Passion and Persistence”, que relata la historia de iglesia Elim, él vino a El Salvador para realizar varias entrevistas y recoger información. Durante algunos días tuve el gusto de llevar a Joel de su hotel a los diversos lugares donde realizaría sus entrevistas. Además, durante varias horas, conversamos largamente sobre la historia de Elim. Todo ese tiempo Joel estuvo buscando cuál era la clave que había permitido a la iglesia Elim convertirse en una mega iglesia. A veces Joel me lo preguntaba, pero, yo no lo sabía, no tenía la respuesta. Era algo en lo que no había pensado.
Pero, para Joel eso era algo muy importante. Creo que buscaba un concepto que pudiera describir y resumir la esencia de Elim. Recuerdo a Joel caminando de arriba hacia abajo mientras pensaba y trataba de dar con ese punto esencial. Yo lamentaba no poder ayudarlo porque, en verdad, no sabía exactamente qué era lo que él buscaba.
Ya casi al final de los días que Joel estaría en El Salvador, fui a dejarlo a su hotel. Pero, continuamos conversando en el lobby un poco más. Era ya noche cuando de repente se iluminaron los ojos de Joel y con una expresión de “Eureka” me dijo: “Pasión. Esa es la clave: la pasión”. En realidad, yo no comprendía exactamente a qué se refería en ese momento. Pero, al día siguiente, comprendí que él tenía toda la razón: la clave era la pasión con que multitud de creyentes sinceros hacían el trabajo celular. Cuando lo comprendí, me di cuenta que esa sola palabra encerraba toda la clave.
Algún tiempo después, cuando Joel me envió el primer borrador del libro, había añadido a la palabra “pasión” la palabra “persistencia”. “Pasión y persistencia”. Eso era todo. Se convirtió en el título del libro que luego fue traducido al español, al portugués y al mandarín. Pasión y persistencia. No hay secretos para el trabajo celular. Solo hay que tener pasión y persistencia.


TRADUCCIÓN AL INGLÉS

Passion and persistence, there is no other alternative.
When Joel Comiskey was writing his book “Passion and Persistence” which tells the story of Elim church, he came to El Salvador to conduct several interviews and gather information. For a few days I had the pleasure of driving Joel from his hotel to the various places where he would conduct his interviews. In addition, we talked at length about the history of Elim for several hours. All the while Joel was looking for what was the key that had allowed Elim church to become a mega church. Sometimes Joel asked me, but I didn’t know; I did not have the answer. It was something I hadn’t thought about.
But for Joel that was very important. I think he was looking for a concept that could describe and summarize the essence of Elim. I remember Joel walking up and down while thinking and trying to get to this essential point. I regretted not being able to help him because I truly did not know exactly what it was he was looking for.
Almost at the end of Joel’s trip to El Salvador, one day I left him in his hotel. But, we continue talking in the lobby a little more. It was late in the night when suddenly Joel's eyes lit up and with an expression of “Eureka” he said: “Passion. That is the key: the passion”. Actually, I did not understand exactly what he meant at the time. But the next day, I realized that he was right: the key was the passion with which a multitude of sincere believers did the cell work. As I understood, I realized that that single word locked the whole key.
At some time later on, when Joel sent me the first draft of the book he had added to “passion” the word “persistence”. “Passion and persistence”. That was all. It became the title of the book that was later on translated into Spanish, Portuguese and Mandarin. Passion and persistence. There are no secrets to cell work. You just have to have passion and persistence.


TRADUCCIÓN AL PORTUGUÉS

Paixão e persistência: não há outra alternativa.
Quando Joel Comiskey estava escrevendo seu livro “Paixão e Persistência”, que conta a história da igreja Elim, ele veio a El Salvador para conduzir várias entrevistas e juntar informações. Durante alguns dias eu tive o prazer de levar o Joel de seu hotel para os diversos lugares onde ele conduziria suas entrevistas. Além disso, nós conversamos sobre a história de Elim por muitas horas. Durante todo o tempo, Joel estava procurando pelo segredo que permitiu que a nossa igreja se tornasse uma mega igreja. Algumas vezes o Joel me perguntava desses segredos, mas eu realmente não sabia o que dizer a ele. Eu não tinha a resposta. Era algo sobre o qual eu não tinha pensado. 
Mas para Joel isso era muito importante. Eu acho que ele estava à procura por um conceito que poderia descrever e resumir e essência de Elim. Eu lembro de Joel andando para cima e para baixo enquanto pensava e tentava conseguir esse ponto essencial. Eu me arrependi de não ter sido capaz de ajudá-lo, porque eu verdadeiramente não sabia o que ele estava procurando.
Quase no fim da viagem de Joel em El Salvador, eu o deixei em seu hotel um dia, mas nós continuamos a conversar na recepção um pouco mais. Era tarde da noite quando de repente os olhos de Joel se ergueram com uma expressão de “Eureka”. Ele disse: “Paixão. Esse é o segredo: a paixão”. Na verdade, eu não compreendi exatamente o que ele quis dizer naquele momento. Mas no dia seguinte, eu percebi que ele estava certo: o segredo era a paixão com que uma multidão de sinceros crentes fizeram a obra das células. Conforme eu refletia, eu percebi que essa paixão descrevia Elim melhor do que qualquer outra palavra. Paixão descrevia a nossa essência.
Algum tempo mais tarde, quando Joel me enviou o primeiro rascunho do livro, ele adicionou à “paixão” a palavra “persistência”. “Paixão e persistência. ” Isso era tudo. Esse se tornou o título do livro que mais tarde foi traduzido para o espanhol, português e mandarim. Paixão e persistência. Não há segredos para a obra das células. Você apenas deve ter paixão e persistência.